Entenda a importância da brinquedoteca no desenvolvimento das crianças

A Nova Época Imóveis já falou aqui sobre a brinquedoteca, tendência que está aparecendo em cada vez mais empreendimentos residenciais novos. Isso porque cada vez mais projetos têm se preocupado com o bem-estar dos seus moradores. Com isso, novos projetos trazem diversos itens de lazer para divertir e relaxar toda a família. Um desses itens é a brinquedoteca. 


Com a popularidade que a brinquedoteca vem ganhando, cada vez mais pessoas conhecem esse tipo de espaço. No entanto, muitos ainda acreditam que ele é apenas uma regalia ou um passatempo. Na verdade, é importante sabermos que a presença de um espaço infantil exclusivo pode ser fundamental no desenvolvimento dos pequenos, com isso, empreendimentos residenciais que os possuem, têm ganhado cada vez mais visibilidade.


Quer entender melhor sobre os benefícios que esse espaço pode proporcionar para os seus filhos? Então fique por aqui, pois a Nova Época Imóveis preparou esse post para apontar tudo o que você precisa saber sobre o assunto, comprovando o que diversos estudos mostram sobre esse cantinho para os baixinhos. E se você está procurando por um imóvel novo, não deixe de conferir as mais de 18 mil opções que temos disponíveis em nosso site e em nossas redes sociais!


Afinal, qual a importância do brincar?


Quando pensamos em crianças, a primeira coisa que associamos a elas são as brincadeiras e o ato de brincar que, por muito tempo, foi reduzido a um simples passatempo, sem grandes consequências no crescimento e desenvolvimento dessa criança e sem nenhum valor cognitivo, didático ou psicológico. Porém, diversos estudos já apontam o contrário e especialistas no tema comprovam que brincar tem grande influência no desenvolvimento de uma criança.


Atualmente, é inegável a importância de atividades lúdicas no desenvolvimento dos pequenos e, por intermédio das brincadeiras, a criança pode explorar e refletir sobre a realidade, além da cultura, na qual vive. A experimentação de diversos papéis sociais, como o de mãe, de pai, bombeiro, princesa e super-homem, através de histórias de faz de conta permite que a criança compreenda o papel do adulto e aprenda a se comportar como tal, se preparando para o mundo adulto. É aí que a criança conhece o mundo e a si mesma.


Além disso, também são as atividades lúdicas que proporcionam à criança a oportunidade de simular diversas situações e conflitos da sua vida social, tanto dentro quanto fora da família. Brincar é uma maneira muito segura que a criança tem de encenar seus medos, suas angústias e tentar superá-los. Jogos que deixam implícitos o ganhar e o perder ajudam a criança a começar a trabalhar sua resistência e frustração, por exemplo. Aprender a lidar com esses sentimentos é essencial para uma estabilidade emocional e para o desenvolvimento da personalidade. 


Já as brincadeiras em grupo favorecem o desenvolvimento de algumas habilidades importantes, como a cooperação, a liderança e a competição, também muito importantes no mundo adulto. Nesse sentido, a socialização da criança também ajuda a aumentar a noção de respeito pelo outro e por si, assim como a autoimagem e a autoestima. 


Outro aspecto que torna o brincar crucial é o desenvolvimento do raciocínio e da criatividade. Conforme as brincadeiras e atividades trazem novas linguagens e exigem novas habilidades, elas também ajudam os pequenos a pensar e criar novas soluções para certas situações da vida. As vantagens das atividades lúdicas são inúmeras, por isso, é importante que os pais não esqueçam de proporcionar e definir para a criança um tempo diário para brincadeiras. É importante, ainda, deixar as crianças à vontade para exercitar a imaginação da forma que achar melhor. 


Origem da brinquedoteca


Para quem ainda não está familiarizado, as brinquedotecas são espaços que reúnem jogos, livros, gibis e brinquedos que podem ser usados por crianças de qualquer idade e, muitas vezes, até mesmo adultos. Esse espaço surgiu em Los Angeles em 1934, visando resolver o problema de uma loja de brinquedos, que estava sendo furtada por crianças de uma escola da vizinhança. A solução encontrada foi criar um serviço de empréstimo de brinquedos para toda a comunidade.


Essa ideia deu tão certo que, na década de 60, se espalhou pela Europa. Em 1963, a Suécia trouxe sua primeira Ludoteca e, em 1967, surgiram as Bibliotecas de Brinquedos, na Inglaterra. Já no Brasil, a ideia foi primeiramente trazida pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais. Em 1973, a organização implantou sua própria Ludoteca, com sistema de empréstimo de brinquedos e materiais pedagógicos. Em 1981, outras atividades foram inseridas, proporcionando mais aprendizagem, encontro e socialização.


Atualmente, as brinquedotecas estão espalhadas pelo país. O que começou como espaços educacionais foram migrando também para os centros médicos e de reabilitação e, finalmente, chegaram aos espaços residenciais, sendo ponto de encontro para crianças da vizinhança do bairro ou dos condomínios que dispõem dessa infraestrutura.


Qual a função desse espaço?


O principal objetivo das brinquedotecas é possibilitar a evolução mental, psicológica, social e física da criança através do lúdico. Nelas são desenvolvidas brincadeiras e jogos que ajudam a estimular o raciocínio lógico, a coordenação motora e a criatividade das crianças. A criação da brinquedoteca foi um marco histórico no desenvolvimento infantil e resultou em uma conquista para a sociedade e, principalmente, para a criança que aprende de forma mais prazerosa e harmoniosa. 


Porém, existem diferentes tipos de brinquedotecas que vão variar conforme a necessidade de cada local:


Escolas e creches


Professores e outros profissionais da educação usam o espaço com objetivo mais pedagógico, proporcionando a interação entre os alunos e ajudando a aperfeiçoar a coordenação motora e o raciocínio lógico em um espaço mais descontraído que a sala de aula. 


Hospitais


Esses espaços ajudam a amenizar o sofrimento das crianças internadas e faz com que elas não percam a infância durante seu período de tratamento. 


Condomínios residenciais e outros


Já nos condomínios residenciais, nos bairros, nas comunidades ou qualquer outro ambiente domiciliar, as brinquedotecas servem para estimular as relações interpessoais de crianças vizinhas, além de ajudar no processo de desenvolvimento social delas.


De forma geral, as brinquedotecas apoiam as atividades individuais e coletivas, além de estimular a criança a construir ambientes de desenvolvimento intelectual e social, e fortificar as relações familiares. 


Gostou do nosso post? A Nova Época Imóveis espera que você tenha compreendido a importância de oferecer uma brinquedoteca para as crianças, seja em casa, no condomínio ou no bairro. E se você está procurando por um imóvel, seja ele com ou sem brinquedoteca, fale com um dos nossos corretores!
 

 

 

Escrito por Mariana Carvalho

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

Ao enviar, aceito a Política de Privacidade