Imóveis à venda: entenda o que fazer com propriedades “encalhadas”

Em meio a um mercado com intensa circulação e tão concorrido, é natural que o corretor imobiliário tenha que lidar, em algum momento da sua carreira, com os tão temidos imóveis encalhados. Sabe aquelas propriedades que demandam mais tempo e esforço do que o habitual para vender, mesmo o mercado estando favorável para os negócios desse setor? É delas que estamos falando. Até mesmo quem não é corretor às vezes tem que lidar com isso.


Seja devido às condições do imóvel ou a problemas burocráticos que acabaram atrasando o processo, quando uma propriedade fica muito tempo dentro da gaveta, a venda tende a ser ainda mais complicada. Por isso, se você tem um imóvel à venda ou é um corretor e está lidando com imóveis à venda que atraem diversos visitantes e potenciais compradores, mas ainda assim não consegue passar dessa fase do processo, significa que algo está errado. 


Nesse momento, é importante analisar como está sendo feita a divulgação do imóvel, talvez o problema esteja nos aspectos relacionados ao imóvel ou às estratégias de divulgação que você ainda não explorou. O importante é que uma análise minuciosa seja feita. A partir disso, é preciso buscar algumas estratégias e alternativas que possam ajudar a melhorar o desempenho da sua empresa. 


Para te ajudar a lidar com a venda de uma propriedade parada há muito tempo e finalmente finalizar o negócio, a Nova Época Imóveis elaborou esse post com algumas dicas importantes sobre o que você deve fazer e saber nessa situação. Caso, ao final desse texto, você tiver dúvidas, não hesite em entrar em contato com um dos nossos corretores, eles estão sempre à disposição para te ajudar com o que for!


1. Preserve e cuide da aparência externa do imóvel


Como dissemos acima, caso você esteja lidando com imóveis à venda que estão encalhados há um tempo, é essencial que você considere todos os aspectos que estejam influenciando essa situação. Entre esses aspectos está a aparência externa do imóvel, que tem grande peso no poder de atração de visitantes e compradores, afinal, a aparência é um dos grandes motivadores de compra. 


Dessa forma, é importante que você observe a aparência geral da fachada da propriedade, procurando focar no telhado, nos portões, nas sacadas, na pintura, no estado das janelas e do hall, verificando se algo pode ser aprimorado. O ideal é que exista harmonia entre eles, tornando o imóvel atraente para possíveis compradores. No caso do corretor, é importante que ele entre em contato com o proprietário do bem e o auxilie em relação às necessidades do imóvel. 


É comum que muitos detalhes, que possam parecer pequenos para o vendedor, mas fazem muita diferença na hora da compra, acabem escapando na correria do dia a dia. Isso porque aos poucos, com o passar do tempo, o imóvel deixa de ser atraente e os clientes passam a perder o interesse nele. A ideia aqui é fazer com que a aparência externa seja como a de um imóvel novo.


2. Dê a mesma atenção à aparência interior


Focar somente na aparência externa do imóvel, ignorando seu estado de conservação externo, não é o ideal, pois pode acabar causando sensação de frustração nos potenciais compradores, pois, de primeira, eles terão uma impressão positiva ao se depararem com a fachada e, ao entrarem no imóvel, verão uma realidade muito diferente. Uma dica para os corretores é estarem sempre atentos ao desafio de uniformizar a estrutura interna e externa do imóvel. 


Essa é uma dica essencial, afinal, ninguém quer viver em uma casa ou apartamento cheios de rachaduras nas paredes, buracos, focos de mofo e diversos outros aspectos de uso e efeitos do tempo. Tudo o que você precisa aqui é ter o mínimo de olhar cirúrgico para perceber esses tipos de detalhes e orientar o proprietário a fazer as correções necessárias.


No caso dos corretores de imóveis, caso estes não consigam identificar esses tipos de problemas, não há dúvidas de que o possível cliente em algum momento o fará. Outro aspecto importante que deve ser ressaltado nessa lista é a limpeza. É muito importante que o interior do imóvel esteja sempre impecável e apto a receber visitas, para aumentar suas chances de concretizar o negócio. 


3. Procure fazer uma divulgação limpa e inteligente


É preciso tomar muito cuidado na hora de divulgar um imóvel à venda, pois a poluição visual é um aspecto que tem grande influência negativa e pode dificultar a venda, pois ofusca a beleza do imóvel ao mesmo tempo que transmite uma mensagem implícita de que o proprietário está desesperado para vender o bem. 


Além disso, pendurar inúmeras placas de “vende-se” na fachada do imóvel à venda pode dar a entender que a propriedade está com problemas que estão impedindo sua venda, o que acaba gerando desinteresse de potenciais compradores. Logo, uma boa estratégia de divulgação para imóveis à venda não é enchê-los de placas, cartazes e todo tipo de material de comunicação que você pode achar necessário, mas sim a forma como você usa os recursos à sua disposição.


Atualmente, com as redes sociais, os sites e os portais imobiliários, ficou mais fácil de divulgar um imóvel, pois eles são muito mais eficientes quando o assunto é poder de alcance, além de serem meios mais “limpos” de alavancar a divulgação do imóvel. Porém, para divulgar seu imóvel na internet da melhor maneira, é importante ficar atento a alguns detalhes visuais, já que as fotos serão seus maiores recursos para criar anúncios online eficientes. 


Pensando assim, é essencial que você procure tirar fotos atrativas com ângulos privilegiados e com a melhor iluminação possível. Dê preferência para tirar fotos de dia e com as janelas abertas, mantendo o ambiente limpo, organizando e guardando todos os objetos que não precisam aparecer nas fotos, criando, assim, um enquadramento limpo. 


4. Faça avaliações periódicas no imóvel


Essa é uma dica importante, principalmente no caso de imóveis que estão encalhados há um longo período de tempo. Isso porque é mais do que comum que ocorram diversas mudanças nas redondezas da localização do imóvel, bem como o surgimento de novos estabelecimentos que podem ajudar ou não a valorizar a propriedade. 


Dessa forma, é importante estar atento para a avaliação do imóvel e qualquer mudança que possa diminuir ou aumentar o seu valor, pois a venda deve ocorrer da maneira mais transparente possível. Pesquisar e procurar estudar o que acontece na região pode te ajudar a descobrir fatos interessantes e que podem contribuir para a venda. 


5. Conheça todos os aspectos do imóvel


Imóveis que demandam mais tempo do que o habitual para serem vendidos podem ter um ou mais problemas. O corretor tem a função de ter uma perspectiva mais ampla sobre a situação do imóvel, enxergando os pontos fortes da propriedade, além dos pontos negativos. Por isso, é essencial conhecer o imóvel como a palma da sua mão, para destacar tudo o que ele tem de melhor a oferecer.


Para ajudar a valorizar o imóvel no anúncio, procure fazer descrições atrativas, ressaltando a infraestrutura do bairro onde ele fica, a flexibilidade do pagamento, os diferenciais do imóvel e o que tem ao seu redor. Um corretor experiente sabe que para cada imóvel existe um comprador certo, por isso, é essencial conhecer tudo sobre o imóvel e sobre o cliente, sabendo o que melhor vai se enquadrar em cada situação. 


6. Tenha a documentação do bem em dia


Nossa última, mas não menos importante, dica é manter a documentação do imóvel em dia. É fácil quando você se coloca no lugar do comprador, que tem a expectativa de usufruir de todos os pontos positivos que cada casa nova tem a oferecer, podendo descansar e aproveitar os frutos de anos de trabalho e planejamento financeiro, sem precisar se preocupar com possíveis dores de cabeça futuras por conta de negligência do dono anterior.


Dessa forma, ao lidar com uma propriedade encalhada há muito tempo, antes de focar nos aspectos e na sua aparência, é indispensável que você tire um tempo para se dedicar a rever a documentação do lugar e se certificar de que não há nenhum problema de regulamentação que poderá vir a ser um empecilho para a conclusão da venda.


Com essas dicas de práticas e estratégias, a Nova Época espera tornar mais fácil o processo de venda daquele imóvel encalhado. E lembre-se: em caso de dúvidas, entre em contato com um dos nossos corretores! 
 

 

 

Escrito por Mariana Carvalho