Entenda como um imóvel influencia na sua saúde e bem-estar

Nossa nova realidade, afetada pela pandemia do coronavírus e a necessidade do trabalho remoto, influenciou na ressignificação que as pessoas fizeram do conceito de lar. Atualmente a preocupação do consumidor não está somente em buscar imóveis mais amplos e confortáveis, incluiu-se nas suas exigências outros diferentes aspectos que podem impactar diretamente na saúde e no bem-estar de todos os moradores do imóvel, além da sustentabilidade.

Acredite, os fatores que influenciam diretamente na saúde e bem-estar podem ser diversos e é por isso que agora os consumidores estão à procura de imóveis com uma boa incidência de sol na parte da manhã, com varanda, em condomínios com piscina e academia. Isso porque todos esses fatores podem ajudar nesse quesito, já que ajudam a proporcionar mais saúde e bem-estar aos moradores.

Para te ajudar a entender se um imóvel segue os critérios de sustentabilidade e saudabilidade, a Nova Época Imóveistrouxe esse post para explicar do que um imóvel precisa para proporcionar mais saúde para seus moradores, além de mostrar quais fatores influenciam nessa questão e dar dicas de como você pode criar ambientes mais saudáveis para você e sua família.

O que está sendo mais buscado em imóveis pelos consumidores

Para entender toda a questão de bem-estar e saúde em casa, primeiro precisamos entender quais as principais características que as pessoas estão buscando nos imóveis atualmente. De acordo com um levantamento divulgado por uma empresa especializada em compra e venda de imóveis, o consumidor passou a buscar cada vez mais imóveis mais espaçosos e mais confortáveis para lidar com o período de isolamento.

No Rio de Janeiro e em São Paulo, os imóveis mais procurados foram os apartamentos, que tiveram 75% das buscas, enquanto os 25% restantes foram buscas por casas. Em relação ao espaço disponível e ao tamanho do imóvel, o perfil mais buscado está entre 60 e 100 m².

Além disso, a pesquisa aponto ainda que as pessoas também têm procurado muito por imóveis com incidência de sol pela manhã e com varanda. Para diversão, consumidores procuram apartamentos em condomínios com piscina e academia. Todos esses desejos e demandas estão diretamente ligados a qualidade de vida, lazer e bem-estar.

Outros fatores do imóvel que impactam na saúde e bem-estar dos seus moradores

Assim como em outras áreas do mercado, a preocupação com o meio ambiente não é novidade no mercado imobiliário. Buscando valorizar seus empreendimentos e atender uma demanda de consumidores cada vez mais preocupados com a sustentabilidade e o meio ambiente, inúmeras construtoras passaram a investir em imóveis que gerem menos impacto na natureza.

Esses empreendimentos sustentáveis usam tecnologias modernas com foco na sustentabilidade, sendo alguns deles a captação e o reaproveitamento da água da chuva, passando pelos materiais e pelas técnicas escolhidas na construção até chegar à arquitetura dos imóveis, onde suas plantas se tornam mais flexíveis e funcionais.

Com a demanda de imóveis que garantem mais saúde e bem-estar aos seus moradores, a exigência que as construtoras adotassem ainda mais inovações nos seus empreendimentos aumentou. Assim, imóveis mais espaçosos, que contam com ambientes flexíveis, além de varanda, quintal e espaço para escritório se tornaram uma tendência nesse setor.

Além dessas características, empreendimentos sustentáveis e orientados à saudabilidade seguem diversos outros padrões, como:

1. Isolamento acústico

Quem mora nos grandes centros urbanos ou em bairros muito agitados sabe que o barulho frequente e a poluição sonora podem ser ensurdecedores. Por isso, quanto mais silêncio no imóvel melhor para seus moradores. Dessa forma, é importante que na hora de buscar um imóvel você procure um lugar que proporcione paz e momentos de tranquilidade para sua rotina, como imóveis com boa acústica e que bloqueiam ruídos vindos da rua.

Isso porque o excesso de barulho pode acabar causando estresse, já que muito barulho libera o hormônio cortisol causador desse mal, e outros problemas como retenção de líquidos e ansiedade. Por conta disso, a ausência de ruídos vai contribuir para um estado mental de maior tranquilidade e com mais qualidade de vida.

2. Iluminação natural

Assim como com o silêncio, quanto mais luz solar bater no seu imóvel melhor. Imóveis com janelas amplas que possibilitam a entrada de luz natural na maior parte dos cômodos estão cada vez mais valorizados no mercado. Isso porque a falta de luz gera falta de vitamina D, que pode causar falta de energia, sistema imunológico fraco, dores musculares e dificuldade para dormir.

Além disso, o sol permite que se abram as janelas mais frequentemente, o que torna o ambiente mais arejado, além de ajudar na economia de energia elétrica e de deixar o imóvel mais bonito. Outro impacto da incidência de luz solar é a prevenção de mofos e bolores, que podem causar problemas respiratórios nos moradores.

3. PH da água

É claro que a qualidade da água é outro fator primordial em um imóvel que oferece mais qualidade de vida para seus moradores. Isso porque quando seu PH não é básico ou neutro, ou seja, não está entre 7 e 9, nosso organismo entende que é necessário ajustar seu próprio PH para se adaptar ao da água consumida.

Dessa forma, além de observar as características estruturais de um imóvel, muitas pessoas têm se atentado à água que vão consumir e como ela vai afetar a saúde e bem-estar de todos os moradores da casa.

4. Materiais de construção

Outro fator que as pessoas observam em um imóvel é o material de construção que foi utilizado na sua estrutura. Isso tem sido cada vez mais frequente porque alguns materiais podem liberar altas quantidades de agentes tóxicos ao longo dos anos.

Um exemplo disso é o amianto que era muito usado pelo setor de construção civil até 2017, quando estudos comprovaram que o material pode causar câncer e doenças respiratórias. Outro exemplo é o formaldeído, que é utilizado nas estruturas e decoração, mas também pode causar diversos problemas de saúde, como asma, alergias e câncer.

Por conta disso, é de extrema importância que você se informe na hora de buscar um novo imóvel para garantir a saúde e o bem-estar da sua família.

5. Radiações nocivas

Conhecido como um mal silencioso, a tecnologia que está ao nosso redor durante o dia todo e os aparelhos eletrônicos que usam de forma exagerada os campos eletromagnéticos podem acabar gerando radiação nociva à saúde.

Celulares e até mesmo o wi-fi de casa, que quase nunca é desativado, podem afetar de maneira direta o bem-estar dos moradores da sua casa, pois o corpo humano conta com baixa frequência elétrica. Até a localização das tomadas pode afetar no sono e, consequentemente, na qualidade de vida e saúde física da sua família.

6. Plantas

A natureza é uma parte importante na nossa qualidade de vida que muitos não sabiam, mas com o isolamento ficou claro. Além das plantas enfeitarem e deixarem os ambientes mais bonitos, elas ainda purificam o ar e ajudam no equilíbrio da temperatura.

Por isso é muito importante que, na hora de escolher um imóvel que promova saúde física e mental, você fique atento se o empreendimento conta com a presença de plantas e área verde. Você pode também usá-las na decoração da sua casa, deixando os cômodos mais aconchegantes.

Dicas de como criar ambientes mais saudáveis na sua casa

Quando pensamos em ergonomia, é comum associarmos ao ambiente de trabalho e imaginarmos de primeira um escritório adaptado que oferece o máximo de bem-estar e conforto para seus profissionais. Porém, a ergonomia também é fundamental nos demais ambientes e espaços da nossa vida.

Caso você ainda não conheça, a ergonomia é uma técnica que usa a tecnologia e o design, além de outros métodos, para tornar qualquer ambiente mais confortável tanto física quanto mentalmente, garantindo eficiência na nossa rotina. Ou seja, é possível de se adaptar qualquer espaço da sua casa, para torná-la mais saudável e agradável aos seus moradores, usando alternativas simples, como escolher os móveis ideais para você e para o imóvel.

Na hora de escolher uma mesa, por exemplo, você pode optar por uma mesa espaçosa, que atende a muitas pessoas ao mesmo tempo e também proporcione bastante espaço para que você possa criar um espaço de coworking, onde todos podem trabalhar lado a lado e compartilhar sua rotina de trabalho ou de estudos. Isso pode ajudar até mesmo a aproximar sua família.

Ao escolher as cadeiras, é recomendado que você opte pelas que oferecem encosto e assento ajustáveis, apoio para braços e rodízio nos pés para que a mobilidade se torne mais fácil. Os modelos com essas características permitem que qualquer pessoa ajuste a cadeira, de acordo com sua preferência, sua altura e seu próprio corpo.

Para os armários, é importante pensar em quem vai utilizar o móvel com mais frequência para que tudo possa estar a fácil alcance e para não atrapalhar a circulação pelo ambiente. Em caso de crianças e idosos, é sugerido que se opte pelos modelos mais baixos, assim facilita o acesso a roupas e outros objetos. De modo geral, é importante que você escolha móveis e outros objetos de decoração que facilitem o seu dia-a-dia e da sua família, assim, todos vivem no conforto.

A Nova Época Imóveis espera poder facilitar sua vida na hora de escolher o imóvel ideal para você e sua família com essas dicas. E se você está procurando um imóvel que promova saúde e bem-estar não deixe de conferir as ofertas no nosso site e falar com um dos nossos associados, vamos realizar esse sonho juntos!

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

Ao enviar, aceito a Política de Privacidade