Digital e acelerado: como o mercado está se adaptando ao consumidor 4.0

Existe hoje uma crescente sobre um novo perfil marcado pela preferência por processos totalmente digitalizados, até mesmo no atendimento. Podemos citar, como por exemplo, o consumidor que executa todas as suas transações bancárias via app móvel, que realiza compras pela internet ou até mesmo que agenda consultas médicas via aplicativos ou dispositivos de mensagens. 

E isso se deve pelo fato de que as tecnologias modificaram as relações de consumo, fazendo com que as empresas necessitem se adaptar às novas demandas. E quando falamos em mercado imobiliário, a história não vai ser outra, o consumidor 4.0 chegou e já é uma realidade. Extremamente informados e super conectados, eles buscam processos digitais mais completos, simples e ágeis na hora de executar uma compra, venda ou aluguel de imóveis. 

Acima de tudo, é preciso ressaltar a importância da tecnologia nas transformações dos estilos de consumidores. Pelo motivo de possuir a tecnologia ao seu favor com o intuito de simplificar e acelerar a rotina.

Este novo estilo de público possui um diferencial: eles pesquisam e se informam mais, consequentemente analisam mais opções. Além disso, já se posiciona em uma fase mais avançada da jornada de compra. Atualmente, são os consumidores 4.0 que definem as regras que, antigamente, eram ditadas pelas empresas.

O que é um consumidor 4.0?

Quando falamos em empresas do mercado imobiliário, é facilmente observável que este novo estilo de consumidor espera muito mais de cada instituição, isso porque eles adquiriram um nível maior de exigência. Atualmente, esse cliente procura por qualidade, agilidade e, acima de tudo, preços justos. 

Além disso, ele entende como avaliar suas necessidades e tem informações suficientes para definir qual será a melhor escolha. E isso se deve graças à tecnologia, é ela a maior responsável por essa transformação, pois é através do mundo digital que são compartilhadas as informações relevantes para cada necessidade deste consumidor. Desse modo, é permitido a ele exigir, pois entende o que significa um bom atendimento, preço, qualidade, entre outros. Antes de mais nada, é válido ressaltar que para uma empresa não perder sua competitividade no mercado imobiliário, é fundamental oferecer as melhores experiências ao consumidor, isso é quase que uma regra. Seguindo essa dica, será mais fácil conquistar a confiança necessária e, consequentemente, a tão sonhada fidelização à sua marca. 

Hoje o consumidor 4.0 é extremamente exigente, espera serviços e produtos de qualidade e com diferenciais que nenhum outro concorrente seu tenha. Nascido na era digital é extremamente tecnológico, assim é exigido que todos utilizem os dois meios: o online e o offline.

Portanto, é preciso manter-se no espaço digital, ou seja, fazer parte das redes sociais mais conhecidas, como Facebook, Instagram e Youtube, e interagir com as pessoas no famoso “cara a cara”. Empresas, inclusive do ramo imobiliário, que interagem seguindo esse raciocínio, têm uma maior interação com seus clientes. 

Com o avanço da tecnologia, um novo estilo de consumidor apareceu, marcado pela era digital e o super bombardeio de informações, surgiu o consumidor 4.0. Para as imobiliárias, um novo desafio: conseguir se adaptar a este novo tipo de cliente. Esperamos que com este conteúdo você possa ter aprendido um pouco mais.

Gostou do conteúdo e quer ler mais outros como esse? Continue aqui em nosso blog, você vai ter muitas dicas e informações sobre o mercado imobiliário te esperando.