Como a tecnologia está afetando o setor imobiliário

Não é segredo que o mercado imobiliário é um ramo muito antigo e, por consequência, muito tradicional. Por se tratar de um negócio que de venda e aluguel de imóveis, que são transações burocráticas, é inevitável que alguns processos sejam seguidos à risca, sendo moldados e não tendo muitas alterações.

Porém, com a internet e as novas tecnologias avançando cada vez mais, é inevitável que este mercado não seja impactado. Essa realidade vem, cada vez mais, se estendendo aos mercados tradicionais. Com isso, o setor imobiliário sente as fortes influências da transformação digital.

Essa influência acontece porque as empresas, dos mais variados segmentos, passam a enxergar as possibilidades e vantagens de trabalhar com o digital. Além disso, conforme o avanço da tecnologia na sociedade, os mercados sentem a necessidade de inovação, visto a mudança que acontece na economia e, principalmente, nos consumidores.

Mas de que forma um negócio tão tradicional como a compra, venda e locação de imóveis pode se beneficiar dos avanços da era digital em que vivemos? Quantos fatores estão transformando a forma como as pessoas adquirem um imóvel? A Nova Época veio aqui esclarecer tudo isso.

Nesse post vamos falar sobre as ferramentas disponíveis que já estão mudando e podem mudar ainda mais o mercado imobiliário, mostrando quais são elas e como podem impactar no futuro de uma imobiliária e na experiência que os clientes terão. Não se esqueça de visitar nosso site e conferir nossas ofertas!

1. Assinaturas digitais

A criação e assinatura do contrato são algumas das partes mais demoradas na hora da compra e venda de um imóvel. Isso é ruim não só para o proprietário, como para o comprador e para a imobiliária.

Muitas vezes não é possível conciliar a agenda de todos os envolvidos no processo com a assinatura do contrato, o que obriga alguns deles, se não todos, a se locomover à imobiliária mais de uma vez para retirar o contrato.

Com o contrato digital, isso já não é mais um problema. É uma forma muito simples e rápida, uma vez que o documento é enviado por e-mail para todos os participantes ao mesmo tempo e eles podem assinar pelo celular, computador ou tablete onde quer que estejam.

Toda burocracia envolvida nesse processo afeta diretamente na experiência do novo cliente. A praticidade das assinaturas digitais faz com que a experiência dos clientes com a empresa seja muito melhor e as chances do cliente indicar seus serviços para um amigo aumentam.

2. Redes sociais

O acesso à internet por meio de celulares e tablets já ultrapassam o acesso de computadores. Logo, as empresas precisam trabalhar com blogs, sites e páginas responsivas. As redes sociais apareceram como uma ótima opção para agilizar e facilitar o processo de compra e venda de imóveis.

Com toda tecnologia e acesso à internet, é muito importante que você se encontre já por dentro de tudo e utilize bem das redes sociais. É essencial que seu site esteja pronto para ajustar-se a plataforma escolhida pelo cliente, aumentando sua possibilidade de negócio.

Os clássicos anúncios de imóveis hoje têm as redes sociais como o seu principal meio de propagação. Veículos de imprensa e portais de venda já ficaram há muito para trás no quesito de efetividade quando comparados com o Twitter, Instagram e Facebook.

Depois de toda transformação digital que a sociedade sofreu, as empresas precisam ir além para priorizar o conforto de seus clientes e, para muitos deles, uma boa imobiliária que não está nas redes sociais simplesmente não está em sua linha de influência.

3. Atendimento virtual

Muitas pessoas começam suas pesquisas pela internet e a agilidade no primeiro atendimento pode ser o diferencial que fará um cliente prosseguir o processo de negociação. Porém, nem sempre é possível ter um corretor disponível para esclarecer suas primeiras dúvidas.

Com a tecnologia de atendimento digital, como chatbot, por exemplo, é uma forma de responder seus questionamentos básicos com agilidade. Além disso, essa tecnologia também pode ser configurada para fazer uma triagem para clientes que ainda não decidiram quais imóveis querem, apresentando opções de acordo com as características apresentadas.

A ferramenta funciona da seguinte maneira: o usuário entra no site e o chat surge comunicando que pode dar dicas de imóveis personalizados de acordo com o interesse da pessoa. Ao final do atendimento, depois de estudar as necessidades do cliente, ele apresenta os imóveis que mais se encaixam com o perfil do cliente.

Caso o cliente se interesse com as opções sugeridas e quiser marcar uma visita, o chatbot encaminha o contato para o corretor para que o atendimento possa ter continuidade.

4. Visitas com óculos de realidade virtual

A rotina de visitas é indispensável, além de ser um método muito eficiente na hora da escolha de um imóvel. Porém, muitas pessoas não estão dispostas ou não podem conceder boa parte do seu tempo a essa procura. É onde as visitas virtuais entram.

Tecnologias com óculos de realidade virtual permitem você conhecer até mesmo imóveis que ainda não estão prontos e isso sem desperdiçar tempo ou ter que enfrentar trânsito. Além disso, a praticidade é infinitamente maior e possibilita que o cliente visite um maior número de imóveis em um mesmo dia.

O uso dessa prática deixa o cliente muito mais animado e o ajuda a fechar o negócio mais rápido. No dispositivo é, também, possível inserir móveis fictícios para que os clientes tenham mais noção de espaço.

5. Imagens 360º no site

Muitos clientes fazem a primeira pesquisa online e, por conta disso, é preciso se atentar ao seu site e garantir ao usuário a melhor experiência possível. Porém, dar todos os detalhes na descrição já não é mais considerado um diferencial e uma imagem chama muito mais atenção.

As fotos que uma corretora coloca em seu site são, com certeza, o ponto crucial para despertar o interesse do seu público. As imagens 360º proporcionam uma vista completa do imóvel sem que o usuário precise sair do lugar para passar por essa experiência, o que é um dos principais diferenciais dessa prática.

Outra prática importante para ajudar o cliente a avaliar se o imóvel está dentro de suas necessidades é disponibilizar também imagens 360º da rua onde ele se localiza. Isso facilita que o cliente veja se a região é ou não do seu agrado e evita frustrações na hora da visita física.

Essas foram algumas das ferramentas que já estão sendo utilizadas por imobiliárias para ajudar o cliente a escolher o imóvel, como elas funcionam e seus impactos nas negociações de compra e venda de imóveis. A Nova Época espera ter ajudado com qualquer dúvida que você possa ter. Não deixe de visitar nosso site, nós te ajudamos a comprar o imóvel dos seus sonhos sem complicações!