Urban Jungle: conheça um pouco mais sobre essa tendência de decoração

Nos últimos anos, com toda a situação da pandemia da Covid e o distanciamento social, que obrigou as pessoas a passarem mais tempo dentro de casa, percebemos a importância de nos sentirmos confortáveis no nosso lar. Esse cenário fez crescer a necessidade de restaurar o contato do homem com a natureza e a falta que ela pode fazer no dia a dia. Além disso, também multiplicou uma tendência que já foi febre e voltou conquistando o mundo todo: o Urban Jungle. 


Hoje em dia, na hora de decorar um imóvel, tem se tornado cada vez mais comum não olhar só para dentro. Além de só considerar os móveis, quadros e outros itens decorativos, as pessoas passaram a enxergar o mundo de fora como um componente do lar. Por conta disso o Urban Jungle é considerado mais do que um estilo de decoração, mas um movimento já febre entre os jovens adultos.


Quer saber um pouco mais sobre essa tendência? Então esse post é para você! A Nova Época Imóveis trouxe tudo o que você precisa saber sobre esse estilo de decoração para que você possa replicar na sua casa e recuperar o contato com a natureza que nós precisamos, mas muitos não sabemos. Para mais dicas de decoração não deixe de visitar nosso blog!

O que é Urban Jungle?

Ao pé da letra, a tradução de “Urban Jungle” significa selva urbana e transmite bem a ideia que esse estilo de decoração quer passar, além de ajudar muito a trazer mais personalidade para os ambientes. Como dissemos acima, esse estilo ajuda a resgatar o contato com a natureza facilmente perdido nas metrópoles e muito necessitado por nós. Inserir verde na decoração também é uma ótima forma de tornar o espaço mais aconchegante e melhorar o bem-estar de quem mora na cidade.

Além de trazer mais verde para dentro de casa, essa tendência de decoração contempla o uso de materiais naturais, como madeira, linho, palha e outros componentes mais comumente usados em ambientes externos. Qualquer pessoa que entenda como cuidar de plantas pode explorar e facilmente se adaptar a essa nova possibilidade. 

Porém, antes de escolher as plantas que você quer ter em casa, é essencial que haja uma pesquisa sobre quais plantas se adaptam melhor ao ambiente em que você vive, lembrando de levar em consideração quanta luz solar entra no imóvel e o quanto chove na cidade, e quais as necessidades de cada espécie. Além do aspecto visual, o cultivo de plantas dentro de casa também funciona como uma terapia, trazendo benefícios para a saúde mental dos moradores. 

Por ser um estilo de decoração bastante versátil, o Urban Jungle é ideal para aqueles que gostam de cuidar de plantas, além de ser um ótimo ponto de partida para aqueles que gostariam, mas ainda não conhecem muito do assunto. 

Como surgiu a tendência?

As grandes mudanças na sociedade são os grandes motivadores para o surgimento do Urban Jungle. O motivo é mais simples do que você imagina: com cidades cada vez mais populosas, a natureza acabou ficando um pouco distante da maioria das pessoas, perdendo espaço para o crescente volume de concreto e construções. 

Nesse mar de concreto mais conhecido como as grandes cidades, a busca por algo natural é um movimento que faz cada vez mais sentido, levando em consideração a sociedade em que vivemos, cada vez mais conectada aos celulares e vendo menos o mundo lá fora. Pode-se dizer que essa é uma tendência relativamente moderna, tendo em vista que todo esse desenvolvimento e a imersão na tecnologia têm somente alguns anos. 

Portanto, podemos concluir que esse estilo de decoração não tem um caráter apenas estético. Sua intenção inclui recriar o visual de uma floresta urbana que ajuda a purificar e tornar o ar mais fresco para os moradores do imóvel, além de montar um ambiente único que ajuda a estimular os sentidos, gerando sensação de satisfação e melhor qualidade de vida. 

Como inserir plantas dentro de casa?

Para adotar a proposta do Urban Jungle, é imprescindível que você pense bem em como inserir as plantas dentro da sua casa ou apartamento. Tudo o que você precisa para inserir esse estilo no seu lar é um pouco de planejamento e do cuidado correto para garantir o resultado que mais combina com os seus interesses. 

Para te ajudar, trouxemos uma lista com o que levar em consideração:

1. Entenda as necessidades da planta

Assim como os pets, cada espécie de planta apresenta um conjunto de características, como ventilação, adubação, incidência de luz e rega, por isso não é possível criar uma fórmula única de cuidados. Porém, é essencial que você entenda que as plantas são seres vivos, por mais resistentes que sejam ou pareçam ser. Logo, a atenção e o comprometimento devem ser constantes.

Você não precisa ser um profissional, nem fazer cursos ou ter experiência quando o assunto é cuidar de plantas para adotar esse estilo na sua casa, mas tenha em mente que dedicar pelo menos um pouco de tempo para isso será fundamental para obter sucesso ao adotar essa tendência. 

2. Aproveite o espaço da sacada 

A sacada, assim como no caso de uma cobertura, são locais ideias para decorar com plantas. Se houver a incidência adequada, as espécies de plantas escolhidas podem ser do tipo que gosta de sol. O principal é que as plantas fiquem posicionadas em ambientes onde elas possam receber luminosidade e ventilação necessárias, ajudando a garantir um bom desenvolvimento para elas. 

Porém, além de posicionar as plantas no local correto, também é preciso pensar na melhor disposição para o espaço que você tem. Uma dica é considerar a área disponível e, a partir disso, selecionar os elementos que ficarão expostos. Com uma boa configuração, é fácil criar uma selva dentro de casa e aproveitar ao máximo o lugar que você tem disponível. 
 
3. Vasos pendurados são uma ótima ideia

Para diversificar um pouco o ambiente e conseguir uma finalização diferente e interessante, uma ideia interessante é pensar no uso de vasos suspensos. Porém, ao adotá-los na sua decoração é preciso ter alguns cuidados para que o resultado não cause problemas extras. Os autoirrigáveis, por exemplo, são as melhores opções para usar de maneira suspensa, pois evita o aparecimento de goteiras e, consequentemente, impede a sujeira no espaço. 

Além disso, também é preciso ficar atento à altura onde houver circulação, pois ela deve ser maior do que o tamanho médio de uma pessoa para que impactos e acidentes possam ser evitados. Caso você coloque os vasos em cima de móveis ou perto da parede, é só deixar sua imaginação correr solta e variar as alturas dos vasos e espécies de plantas. 

4. Invista em suportes elevados

Outra ideia é adotar suportes elevados para que os vasos possam ser compostos em diferentes alturas, o que é uma opção de decoração conveniente para quem não pode ou não quer usar vasos suspensos, assim como para quem deseja complementá-los de uma forma diferente. Essa proposta inclui, ainda, usar prateleiras e até mesmo estantes como suporte para os vasos.

A verticalização permite o melhor aproveitamento do ambiente, porém adota uma escolha simples que funciona para muitos casos. Usar prateleiras em diversos níveis é uma ótima forma de dar dimensão e profundidade a sua decoração. Aqui, o cuidado principal é com a distribuição e o planejamento, garantindo um resultado interessante.

5. Crie um jardim vertical

Um dos principais queridinhos, e mais marcantes características, do Urban Jungle é o jardim vertical, opção que aproveita o espaço da melhor maneira possível e ainda ajuda a criar uma boa parte verde na sua casa ou apartamento. Tendência em grande parte dos projetos com essa pegada mais verde, algumas características precisam ser observadas no imóvel antes que o jardim vertical possa ser adotado. 

Primeiro você precisa observar o lugar escolhido, pois é indispensável que ele tenha luz e boa ventilação para que as plantas possam viver bem. Também é indicado que você escolha plantas com cuidados semelhantes para compor a parede, para que elas estejam sempre bonitas e vistosas. Quanto à estrutura, é possível usar pallets, suportes ripados ou treliçados e até mesmo canos de PVC. 

Já os cuidados com a rega, existem duas possibilidades principais, que devem ser escolhidas com antecedência: manual ou automática. Para os jardins menores, a irrigação manual funciona melhor, mas para paredes maiores o ideal é optar pelo sistema de irrigação automático, assim, as plantas são regadas por igual. É fundamental, ainda, tomar cuidado com infiltrações, principalmente levando em consideração que as plantas ficam em contato direto com a parede. Nesses casos, a impermeabilização é indispensável e ajuda a evitar problemas com o revestimento. 

Gostou das nossas dicas? Se interessou pelo estilo Urban Jungle? Se ficou alguma dúvida, não deixe de entrar em contato com um dos nossos associados, e para mais dicas sobre estilos de decoração, visite nosso blog! 
 

 

 

Escrito por Mariana Carvalho

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

Ao enviar, aceito a Política de Privacidade