Saiba quais são os principais fatores que influenciam no preço de um imóvel

Na hora de vender um imóvel, uma das etapas mais difíceis é precificar o lugar, principalmente quando você não tem muita experiência nesse ramo. Por conta de uma série de interferências que o mercado imobiliário sofre, o valor do imóvel pode ser diretamente afetado, por isso, você precisa ficar muito atento. A avaliação dessas interferências e tendências costuma ser feita com muito cuidado por especialistas desse segmento e deve ser consultada na hora da compra de um imóvel próprio.

Para quem está comprando um imóvel tomar uma decisão racional na hora de escolher qual o melhor, é fundamental que entenda quais são as influências que interferem diretamente no preço dele, baseando sua decisão em informações importantes para ter certeza que está fazendo a escolha certa.

Lembre-se: contar com a ajuda de um corretor de imóveis experiente é fundamental, já que esse profissional é o mais especializado nesse tipo de negociação. Além disso, ele é quem domina melhor os fatores que compõem o preço de um imóvel, o que facilita todo o processo de compra e venda.

Existem vários fatores que influenciam no preço de um imóvel, sendo um deles a localização que, segundo pesquisas, representa 25% do valor da propriedade. Porém, esse não é o único aspecto que você deve estar atento. A Nova Época trouxe uma lista com alguns dos principais fatores que podem intervir na hora de precificar seu imóvel. Além disso, se você está à procura de um lugar, essa lista pode te ajudar a avaliar se os preços estão justos de acordo com esses aspectos.

1.Segurança

Um dos fatores fundamentais para estabelecer o preço de um imóvel à venda, e que tem um peso considerável, é a segurança que o condomínio onde o imóvel se localiza ou a casa oferecem. Por conta disso, estão sendo feitos cada vez mais investimentos em sistemas de vigilância sofisticados e isso tende a valorizar o imóvel, representando aproximadamente 15% do valor total de venda.

Portarias remotas, estruturas de segurança blindadas e observação 24h por dia são alguns dos recursos que muitos empreendimentos têm investido para garantir a segurança dos seus moradores e dos funcionários. Assim, é possível controlar não só a entrada e saída de pessoas, mas também para evitar a depredação de áreas comuns que pode prejudicar a todos.

2. Localização e infraestrutura

Dois dos aspectos mais decisivos na definição do valor do imóvel, segundo especialistas, são a sua localização e infraestrutura. Como dito antes, o lugar da cidade onde o imóvel fica localizado tem influência em cerca de 25% do preço do imóvel. Esse fator leva em consideração a presença de ruas pavimentadas, de calçadas com bom tratamento urbanístico, arborização, distribuição de água e recolhimento de lixo e esgoto.

Além disso, quanto mais perto do centro da cidade, dos bairros nobres, de supermercados, cinemas, shoppings, feiras, transporte público e até mesmo do seu local de trabalho, mais alto é o preço do imóvel, já que maior é a qualidade de vida e comodidade oferecidos. Por conta da grande procura por esses lugares, o imóvel valoriza. Já os imóveis em localizações não muito privilegiadas têm seu valor de mercado diminuído.

3. Idade e conservação do imóvel

Esse é um fator importante e que pode ser considerado óbvio, pois ao mesmo tempo que imóveis antigos podem se valorizar por serem mais bem divididos e maiores, se suas dependências estiverem mau conservadas esse valor pode diminuir. Por isso, se a manutenção regular não for feita ele certamente perderá seu valor de mercado.

Os problemas mais comuns que costumam desvalorizar um imóvel antigo são: rede elétrica muito antiga a ponto de não suportar as novas tecnologias, infiltrações, vazamentos, entre outros. Por isso, na hora de avaliar seu imóvel para vender ou na hora de inspecionar um imóvel que te interessa para comprar, não deixe de chegar principalmente todos os itens citados.

4. Vagas de garagem

Outro fator influenciador importante são as vagas de garagem. Isso porque algumas pesquisas já apontaram que pelo menos uma vaga na garagem do prédio pode valorizar o imóvel em pelo menos 15% do seu valor inicial. Isso acontece por conta da segurança. Além disso, a necessidade por vagas de garagem bem dimensionadas e localizadas tem sido um dos principais fatores na hora da decisão da compra, principalmente nas grandes capitais.

Por conta disso, os empreendimentos mais recentes têm oferecido como vantagem ao menos uma vaga de garagem por apartamento, para os padrões baixo e médio, e para os empreendimentos de alto padrão o espaço oferecido pode acomodar dois ou mais veículos por unidade habitacional. Para residências que não se localizam em condomínios, uma garagem bem projetada fará toda a diferença no preço final.

5. Área de lazer

Por conta da rotina acelerada e cheia das pessoas, o tempo disponível para sair da rotina tem sido cada vez mais escasso. Por isso, as pessoas têm procurado morar em lugares que oferecem opções de lazer e, graças a essa grande procura, esse se tornou outro fator que influencia no preço de um imóvel. Quintal espaçoso, varanda ampla, churrasqueira, academia e salões de festa são alguns itens que com certeza valorizarão o imóvel.

Esse é um diferencial que as construtoras têm investido cada vez mais e a tendência é que essas áreas comuns de lazer cheias de recursos se multipliquem, principalmente em empreendimentos que têm suas localizações não muito favoráveis, assim, isso pode ser compensado, diminuindo a necessidade dos moradores saírem do condomínio.

6. Arquitetura e orientação solar

A disposição da luz solar no imóvel e as dimensões das suas áreas privadas são outros aspectos que têm grande influência no preço das propriedades. Claro que residências que contam com três suítes têm um preço maior no mercado do que aquelas com apenas dois quartos simples. Além disso, a iluminação natural oferece mais conforto para quem opta por morar em apartamento, por isso, aqueles que recebem mais luz solar são mais valorizados e vendem mais rápido.

Por isso, quando você for procurar por um imóvel, prefira aqueles orientados a leste, que recebem luz natural pela manhã, pois sua temperatura é mais agradável. Esses são os mais confortáveis, concorridos e valorizados no mercado.

Esses foram alguns dos principais fatores que podem influenciar no preço de um imóvel. Porém fique atento, pois é preciso estipular o valor de venda de forma realista, levando em consideração a faixa de imóveis do mesmo padrão e características semelhantes. Antes de comprar ou colocar à venda um imóvel, não deixe de falar com um corretor e fazer suas próprias pesquisas.

A Nova Época espera ter te ajudado a entender um pouco melhor como se precifica um imóvel. Não se esqueça de visitar nosso site e conferir nossas ofertas. Em caso de dúvidas, entre em contato conosco, nossos profissionais estão sempre disponíveis para te ajudar a comprar ou vender um imóvel.