Saiba quais os pisos mais adequados para áreas externas da sua casa

Os pisos são um dos elementos principais para garantir funcionalidade, estética e durabilidade para os ambientes de uma casa ou apartamento e a Nova Época Imóveis já deu aqui algumas dicas de como escolher o mais ideal para o seu tipo de apartamento. Porém, é importante ter cuidado na hora dessa escolha, principalmente no caso das áreas externas, afinal, elas ficam mais expostas ao desgaste e às intempéries da natureza e constante uso. 


Por conta disso, é fundamental conhecer e avaliar todas as opções disponíveis no mercado para que você possa escolher os melhores tipos de pisos não só para atender às suas necessidades, mas também para se encaixar no que o projeto do imóvel precisa para funcionar da melhor forma possível. A escolha correta dos pisos externos ajuda a proporcionar uma superfície segura e mais resistente, além de agregar valor estético ao valorizar o espaço, seja ele qual for. 


Para te ajudar na hora dessa escolha, a Nova Época trouxe esse post com as principais opções de pisos para áreas externas, considerando seus atributos e características, te ajudando na hora de tomar a decisão e garantir a escolha mais adequada para cada caso. Se você estiver à procura de mais dicas de decoração, informações sobre o mercado imobiliário ou sobre os imóveis que temos disponíveis, não deixe de acompanhar nosso blog e nos seguir nas redes sociais


Afinal, como escolher os pisos para áreas externas? 


Ao fazer o planejamento de um espaço ao ar livre em um imóvel, seja ele um apartamento comum, uma cobertura ou uma casa, a seleção do revestimento correto será uma decisão crucial não só para a estética, mas também para a funcionalidade do espaço. Por conta disso, é imprescindível dar atenção a alguns aspectos: 

 

  • Resistência do clima;
  • Facilidade de manutenção; 
  • Constituição do material; 
  • Funcionalidade; 
  • Estética. 


Você deve estar atento aos materiais usados para cobrir superfícies das áreas externas, pois elas desempenham um papel fundamental na durabilidade e na funcionalidade desses ambientes. Considerando, ainda, que essas superfícies estão expostas aos elementos da natureza e ao desgaste causado pelo seu uso frequente, é muito importante conhecer e saber avaliar as opções disponíveis no mercado para fazer a escolha mais adequada para cada projeto. 


Uma escolha cuidadosa dessas superfícies do revestimento externo garantirá não somente uma superfície mais segura e resistente, mas também ajudará a acrescentar valor estético e realçar a beleza do ambiente, seja ele um grande jardim, uma varanda acolhedora ou um terraço espaçoso. 


Entenda o que considerar nessa escolha


Resistência climática e facilidade de manutenção 


Quando o assunto é escolher o revestimento ideal para áreas externas, é importante considerar fatores como a resistência climáticas e a facilidade de manutenção. Isso dependerá de região para região, por exemplo, em regiões de clima mais chuvoso é importante escolher revestimentos que sejam resistentes a umidade e que evitem o acúmulo de água, o que ajudará a prevenir alguns problemas como deterioração e escorregões. 


Além disso, considere ainda a manutenção e a facilidade de limpeza do revestimento, principalmente em áreas sujeitas a poeira, sujeira ou folhagens. O mais recomendado é optar por materiais mais resistentes e de qualidade, o que vai assegurar que o revestimento se mantenha em bom estado ao longo do tempo, evitando substituições frequentes e garantindo longevidade. 


Releve a estética 


Outro aspecto relevante na escolha do revestimento para as áreas externas é a estética. Isso porque o revestimento selecionado deve estar em harmonia com o estilo arquitetônico e o ambiente, contribuindo para valorizar o visual do espaço. Atualmente já existem várias opções disponíveis no mercado, desde revestimentos naturais, como madeira e pedra, que ajudam a proporcionar um aspecto mais rústico e orgânico, até materiais sintéticos, como concreto e cerâmica. 


Por conta disso, considerar qual o estilo que você deseja colocar nas áreas externas e a estética do resto do imóvel é fundamental para criar um ambiente que seja, ao mesmo tempo, agradável aos olhos e coerente. 


Atenção com a funcionalidade 


É imprescindível, ainda, considerar a funcionalidade e o uso pretendido da área externa na hora de escolher qual revestimento usar. Por exemplo, caso a área seja destinada para atividades como piscina, será necessário escolher um revestimento antiderrapante, que ofereça segurança e aderência mesmo quando molhado. Já no caso de espaços de convívio e lazer, é mais interessante escolher revestimentos mais confortáveis para caminhar e passar o tempo, como pisos emborrachados.


Além disso, é necessário que um fornecedor de tecido para parede infantil que vai colocá-lo possa compreender as necessidades específicas tanto do espaço quanto dos usuários para que possa selecionar o revestimento mais adequado possível. 


Para resumir, a escolha do revestimento para áreas externas exigirá uma análise criteriosa e cuidadosa, considerando diversos fatores e aspectos que poderão interferir nessa escolha. Lembre-se de ter muito cuidado nesse processo, pois ele não só vai definir a qualidade de vida dos moradores, como também ajudará a agregar valor ao imóvel, dependendo do revestimento escolhido para o ambiente externo. 


A Nova Época Imóveishttps://www.novaepoca.com.br/contato/fale-conosco espera que esse post tenha te ajudado a compreender como deve ser a escolha de revestimentos para pisos da área externa da sua casa! Não deixe de acompanhar nosso blog para mais dicas importantes que vão te ajudar a valorizar seu imóvel
 

 

 

Escrito por Mariana Carvalho

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

Ao enviar, aceito a Política de Privacidade