Saiba quais as instituições mais seguras para fazer financiamento

Como já dito inúmeras vezes em diferentes posts da Nova Época, financiar um imóvel é uma das soluções mais procuradas pelos brasileiros na hora de realizar o sonho de adquirir a casa própria. Porém, esse é um investimento a longo prazo que pode comprometer uma parte significativa da renda familiar por alguns anos.

Por conta de todo esse comprometimento com a renda que o financiamento tem, é essencial que você se planeje e pesquise quais as instituições mais seguras e quais têm as taxas de crédito mais atrativas. Cada banco oferece diferentes vantagens para facilitar o financiamento de imóvel, por isso, essa pesquisa deve ser o ponto de partida antes da tomada de qualquer decisão na compra de um imóvel.

Ao pesquisar e procurar pela instituição que melhor atende seu orçamento e sua renda, é interessante que você busque aquelas instituições com linha de crédito que mais se adequam às suas necessidades, verifique o valor das parcelas e, principalmente, verifique as taxas de juros, afinal elas farão o maior impacto no valor final do seu empréstimo.

Para te ajudar na hora de pesquisar qual a melhor instituição para sua vida financeira, a Nova Época fez esse post com algumas das mais indicadas instituições para realizar o financiamento imobiliário. Não deixe de conferir nossas ofertas em nosso site e em caso de dúvidas lembre-se: nossos profissionais estão sempre à disposição para ajudar e esclarecer informações.

Caixa Econômica Federal

A primeira instituição da nossa lista, e a mais procurada pelos brasileiros na hora do financiamento imobiliário, é a Caixa Econômica Federal. Isso se dá ao fato de essa instituição ter o costume de ditar a trajetória dos juros da modalidade. Além dessa, muitas outras vantagens podem ser obtidas ao escolher a Caixa, entre elas temos a taxa de juros a partir de 5%+ TR ao ano, uso do FGTS para financiar parte do imóvel e cadastro no programa Minha Casa Minha Vida.

A Caixa Econômica também contempla os financiamentos com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) dentro das modalidades SFH e SFI (Sistema de Financiamento Imobiliário). Com relação ao prazo do financiamento, ele é um pouco maior do que de outras instituições, podendo chegar em até 35 anos.

Além disso, a versatilidade da Caixa em relação aos modelos de aquisição de imóveis é outra vantagem que impressiona cada vez mais clientes. Com isso, é possível financiar a compra de apartamentos e casas novos ou usados, terrenos, reformas e até mesmo construções no próprio terreno. Ou seja, é uma variedade de oportunidades e necessidades que a Caixa se adequa.

Banco do Brasil

Depois da Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil é a segunda instituição mais procurada pelos brasileiros para realizar o financiamento imobiliário. Isso acontece devido ao fato desta instituição também participar do programa Minha Casa Minha Vida e de permitir usar o FGTS para cobrir parte do financiamento.

Além dessas grandes vantagens, o Banco do Brasil ainda oferece uma das taxas de juros mais atrativas do mercado, a partir de 7,4% ao ano, o que possibilita um financiamento de até 80% do valor do bem em questão e oferece um prazo que pode chegar a 360 meses.

Ainda é importante frisar que caso seu objetivo seja participar de um imóvel comercial, essa taxa pode sofrer correção. Ou seja, ela pode chegar a 9,44% ao ano + TR, que se encontra zerada no momento.

Banco Itaú

O financiamento através do Banco Itaú cobra uma taxa de 7,45% + TR, a qual já confirmamos estar zerada. Esta instituição contempla tanto os novos empreendimentos quanto os já usados e ainda pode ser utilizado nas linhas de crédito do Sistema Financeiro de Habitação e no Sistema Financeiro Imobiliário.

Além disso, ainda é importante frisar que é possível financiar até 82% do valor do imóvel em um prazo de até 30 dias. Outra vantagem desse banco é a possibilidade de poder usar o FGTS para quitar sua dívida. Porém, o imóvel não pode, em hipótese alguma, ultrapassar o valor de R$ 1,5 milhões.

Banco Bradesco

Assim como em todas as instituições citadas até agora, antes de financiar um imóvel com o Banco Bradesco é importante que você tenha em mente a taxa mínima cobrada por cada banco e, nesse caso, essa taxa fica em 7,30% ao ano mais a TR, que se encontra zerada. Ou seja, leve em consideração apenas as taxas do banco ao simular seu financiamento.

Este banco aceita apenas o Sistema Financeiro Habitacional com o valor máximo de R$ 5 milhões, ou seja, é possível utilizar o FGTS para quitar esse empréstimo. Porém, lembre-se: apenas para imóveis de R$ 1,5 milhão. O prazo desta instituição também pode chegar a 360 meses ou 30 anos.

Banco Santander

De todas as instituições citadas até agora, o Banco Santander é a menos procurada pelos brasileiros para financiar imóveis atualmente. Isso acontece devido ao fato da sua taxa de juros, que está atualmente em 7,59%, um padrão considerado alto se comparado com os outros bancos.

Por outro lado, existem vantagens em optar por estar instituição e uma delas é a sua rapidez. No Banco Santander, é possível que o cliente realize todo o processo de simulação, o cadastro, a análise e a liberação do crédito pela internet. Além disso, seu crédito para financiamento ainda pode ser liberado em apenas uma hora, o que é uma grande vantagem.

O Banco Santander ainda oferece 420 meses para seus clientes quitarem suas dívidas, ou seja, em 35 anos o cliente pode financiar até 80% do valor do imóvel.

Como escolher a melhor instituição para um financiamento imobiliário?

Primeiramente, é importante que o cliente tenha em mente que existem outros fatores importantes que podem influenciar o valor do imóvel, além das taxas de juros. O Custo Efetivo Total (CET) é um exemplo de fator que pode gerar diferenças consideráveis no final do financiamento, dependendo da instituição que você escolher.

Com isso, é preciso prestar atenção, pois se os juros estão baixos, mas o CET representar uma soma alta, você deverá considerar qual opção oferece menos risco para seu orçamento. Ou seja, não deixe de pesquisar minuciosamente, de fazer simulações e entrar em contato com todas as instituições bancárias que te interessam e que você achar necessário.

Financiar um imóvel é uma tarefa que exige muito cuidado, muita atenção e muito planejamento, afinal, é o seu orçamento que você está colocando em risco. Não deixe de fazer um checklist com todos os prós e contras de cada instituição e escolha a melhor e mais responsável opção para te ajudar a realizar esse sonho.