O que você precisa saber para não ser enganado na hora de comprar um imóvel

Comprar um imóvel não é uma tarefa simples, que vai muito além de simplesmente visitar alguns imóveis e escolher o que parece ser o melhor. Esse processo envolve toda uma pesquisa que deve ser feita com responsabilidade e cautela, sempre com apoio de um profissional da área, de preferência.

Antes de tomar essa decisão importante, é preciso levar em consideração e analisar alguns aspectos para que se possa efetuar o melhor negócio possível. É preciso estudar e escolher a melhor localização, o tipo de imóvel desejado (casa ou apartamento), a metragem, o número de quartos e vagas, se o imóvel vai ser novo ou usado, entre outros fatores.

No entanto, acima de tudo, é preciso se planejar e ter cautela para saber o que se deve fazer e o que se deve evitar para ter certeza de que não haverá frustrações futuras com esse negócio. Nesse caso, a ajuda de um profissional experiente pode ser de grande ajuda para evitar futuros arrependimentos com a compra.

A Nova Época trouxe esse post para enumerar dicas do que você deve se atentar na hora de comprar um novo imóvel. Não se esqueça de visitar nosso site e conferir nossas ofertas. Fale com um dos nossos colaboradores, vamos realizar esse sonho juntos!

1. Analise se é a hora certa para comprar um imóvel

Reflita se esse é o momento certo da sua vida para comprar um imóvel próprio ou para se mudar. Às vezes, por pressão da família e amigos, você ouve que está na hora de comprar a casa própria e acredita nisso. Porém, essa escolha é exclusivamente sua e deve ser feita no seu tempo.

É importante que você pondere as vantagens e as desvantagens de efetuar uma compra desse tamanho no momento nesse momento da sua vida, pois isso pode evitar que compre por impulso e pode diminuir as chances de fazer uma compra frustrada.

2. Pesquise o imóvel na internet

A internet chegou para facilitar muito a nossa vida, inclusive quando você está à procura de um imóvel e não tem muito tempo livre.

Mais de 88% de todas as buscas por imóveis começam ou são feitas pela internet e isso se deve ao fato de que com poucos cliques os compradores podem pesquisar centenas de anúncios, em todas as regiões e com dezenas de fotos dos imóveis e dos bairros.

3. Avalie quanto você pode pagar pelo imóvel

Esse é um passo importante nesse processo, pois é dessa decisão que dependerá o fracasso ou o sucesso da sua compra. Você precisa calcular bem e minuciosamente os custos a longo prazo do empréstimo, os gastos com documentação, atrasos e reformas eventuais para prevenir gastos futuros.

Aceitar propostas de financeiras que pedem seus bens como garantia não é recomendável, já que atualmente comprar um imóvel novo ou usado com o Sistema Financeiro de Habitação é bem mais prático, principalmente se o comprador tiver uma assessoria.

4. Levante todas as informações possíveis sobre o imóvel

É importante que você ou seu corretor verifiquem os órgãos competentes e obter o máximo de informações possíveis tanto sobre o vendedor quanto sobre o imóvel que está à venda. Isso pode evitar que você tenha surpresas indesejadas ou problemas no futuro.

Não se esqueça de exigir toda documentação necessária para essa negociação para o proprietário do imóvel também. Quanto mais documentação você tiver acesso, melhor e mais segura será a negociação.

5. Não visite mais de cinco imóveis por dia

Essa é uma questão cientifica e segundo pesquisas de neurocientistas, avaliar mais de cinco imóveis por dia pode sobrecarregar seu cérebro com muitas informações diferentes e dificultar sua escolha.

Faça visitas com um bom espaço de tempo e anote todos os detalhes. Lembre-se de tirar seu tempo para descansar e avaliar as possibilidades. Caso não obtenha uma decisão, continue sua pesquisa. É recomendável que você visite os imóveis que mais te interessam pelo menos mais de duas vezes para se certificar de qual é a escolha certa.

6. Construa uma relação honesta com seu corretor

O corretor é um dos elementos mais importantes nas negociações da compra de um imóvel. Por isso, é importante que você mantenha um relacionamento bom e honesto com o corretor, até para evitar fraudes.

É o corretor que vai ouvir seus desejos e necessidades e mostrará imóveis que se encaixam em seus padrões. Não deixe de dar todos os dados importantes, sem omitir nenhum, pois um detalhe que é insignificante para você pode inviabilizar a compra ou venda do imóvel.

7. Faça anotações detalhada

Como já dito acima, é importante que, em todas as visitas a cada imóvel, você faça anotações de todos os detalhes importantes para que você possa avalia-los com calma quando for fazer sua escolha.

Tomar notas das características, como cores e elementos do design também é importante para que você saiba se reformas serão necessárias. Certifique-se de que você realmente gosta da sua localização, além de avaliar a posição do sol e sua incidência no imóvel, informações sobre colocação do ar condicionado e se é possível ter animais de estimação.

8. Pense a longo prazo

É importante que você tenha um pensamento a longo prazo quando vai comprar um imóvel. Pense se o imóvel que você decidiu comprar será o ideal para você e para suas necessidades daqui a 10 anos levando em consideração que seu estilo de vida pode mudar.

Caso a resposta para essa pergunta seja negativa, avalie se ele está em uma localização de fácil revenda, caso você ainda considere comprar o imóvel. Peça ajuda ao seu corretor quanto a essa questão, pois ele não é treinado somente para vender imóveis, mas também para ajudar seus clientes a tomar a melhor decisão.

Essas foram as principais dicas para você não ser enganado na hora da compra de um imóvel. Lembre que o corretor é mais do que só um vendedor e é de grande ajuda na escolha do lugar ideal para você e sua família. Tente ser o mais sincero possível com o profissional e se certifique de procurar saber sobre a experiência dele, para ter certeza de que ele é honesto.