Jardim de inverno: O que é, principais tipos e como cuidar?

Os jardins de inverno podem ser considerados verdadeiros refúgios verdes dentro de casa. O pequeno espaço, planejado com plantas selecionadas a dedo, revigora o ambiente, torna o local mais fresco, úmido e, de quebra, ainda proporciona relaxamento e descontração.

O conceito de jardim de inverno surgiu na Europa, nos países onde o frio e a neve impossibilitavam a sobrevivência das plantas ao ar livre. A única maneira de conseguir obter o verde acolhedor das plantas, mesmo durante o inverno, era mantendo-as dentro de casa, protegidas das baixas temperaturas.

Tipos de jardim de inverno

Você pode criar o seu jardim de inverno basicamente de duas formas. A primeira é sob uma cobertura translúcida que permite a passagem da luz, necessária para o desenvolvimento das plantas. A outra maneira é deixando um vão aberto no teto, onde as plantas possam receber não apenas luz, mas também ventilação e até mesmo a água da chuva. Porém, nesse caso é importante contar com uma proteção lateral no jardim de inverno de modo que o ambiente não seja atingido pela chuva, vento e frio.

Os jardins de inverno sem cobertura também são indicados para quem deseja cultivar espécies de crescimento alto, como as árvores.

Onde fazer o jardim de inverno

Não existe um local específico da casa onde o jardim de inverno pode ser feito. Você é totalmente livre para criá-lo onde quiser, seja na sala, na cozinha, no quarto e até no banheiro. O mais importante é que o jardim de inverno fique em um ambiente onde possa ser desfrutado e apreciado o máximo possível, além, é claro, de receber as condições ideais para o pleno desenvolvimento.

Contudo, a maior parte das pessoas prefere fazer o jardim de inverno em um local de convivência, como a sala de estar ou jantar, mas isso não é uma regra absoluta.

Como fazer o jardim de inverno

O jardim de inverno pode ser montado em um canteiro, onde as plantas são colocadas diretamente no solo ou, então, você pode optar por montar um jardim de inverno apenas com vasos.

Isso varia de acordo com o tipo de planta que será usado no jardim e as condições de luz e ventilação do local escolhido.

Caso tenha mais espaço disponível, o jardim de inverno pode ainda contar com fontes de água ou até um pequeno lago. Outra dica é usar bancos de madeira, futons, redes e balanços para deixar o local ainda mais acolhedor e confortável.

E, por último, finalize o jardim de inverno com pedras e cascalhos que ajudam a absorver a umidade e abrem caminho para passagem no local. Outra sugestão é usar deck de madeira para forrar o chão do jardim.

No entanto, se não tiver muito espaço sobrando aí na sua casa, não se preocupe. Ainda assim é possível criar um jardim de inverno incrível. Você pode aproveitar o vão embaixo da escada ou quem sabe, em último caso, montar um jardim de inverno vertical. Coloque as plantas apoiadas na parede e complemente o espaço com uma fonte de água e almofadas.

Como cuidar do jardim de inverno

Um jardim de inverno é igual a todos os outros. Precisa de cuidados mínimos, como rega, poda e adubação, mas dependendo do tipo de planta esses cuidados podem ser maiores ou menores.

O mais importante de tudo é garantir a luminosidade. Planta nenhuma sobrevive sem luz, além é claro de água. Ofereça água de acordo com a necessidade de cada espécie.

Se você não tem muito tempo para a jardinagem considere plantas de manutenção mais simples como as suculentas, espadas de São Jorge e zamioculas. Mas se pretende abrir um espaço na sua agenda para essa atividade terapêutica, pense em plantas como orquídeas, por exemplo, elas dão mais trabalho, mas sem dúvida nenhuma, compensarão você com lindas flores.

 

Não importa o tamanho do espaço que você tem aí na sua casa, o que vale mesmo é dar uma chance para que o verde das plantas invada sua vida e transforme aqueles dias cinzentos em algo colorido, alegre e cheio de vida.