Entenda como as emoções podem acabar influenciando na compra de um imóvel

A Nova Época já falou aqui no blog sobre a compra de propriedades e a importância de estar atento a alguns sinais, mas você sabia que também é importante se atentar aos seus sentimentos durante esse processo? Orgulho, felicidade e euforia são alguns exemplos dos sentimentos que representam a aquisição de uma casa própria, afinal, esta é uma importante realização na vida de muitas pessoas.


Costumamos associar esse momento de realização a sentimentos positivos, porém, durante o processo de decisão de compra de um imóvel, as emoções podem acabar interferindo até mesmo negativamente nas escolhas. Por isso, destacamos em todos os posts de compra de imóvel que não se deve tomar nenhuma decisão sem pensar ou no calor do momento, é necessário calma, paciência e organização.


De acordo com uma pesquisa realizada pela Brain Behavior, a compra de uma propriedade é mais emocional do que podemos imaginar, pois os sentimentos sempre estão presentes nos processos de decisão e nesse momento tão importante, não seria diferente. Mas afinal, até que ponto os sentimentos influenciam na compra de um imóvel? A Nova Época Imóveis preparou esse post para falar sobre isso, dessa forma, você pode ir preparado para todo o turbilhão de sentimentos que envolvem esse processo!


O que diz a neurociência?


Antes de mais nada, vamos entender o que a ciência tem a dizer sobre esse assunto. Segundo a neurociência, a raiz das emoções é biológica, porém, nossa história de vida faz diferença na forma como vamos reagir. Logo, como podemos nos atentar e cuidar para que um sentimento de satisfação, como orgulho, felicidade, euforia, entre outros, não se transformem em emoções desequilibradas e afetem negativamente a compra?


Um dos maiores problemas do homem é que o nosso lado irracional às vezes nos influencia a tomar decisões equivocadas e, quando isso é percebido, já pode ser tarde para desfazer. Emoções não controladas em momentos importantes, como a compra de um imóvel, podem levar a arrependimentos com a escolha da localização, que pode se mostrar não muito adequada para o que você deseja, ou com as condições do imóvel. 


Como as emoções positivas influenciam nesse processo?


Conforme comentamos mais acima, a emoção tem um papel fundamental na jornada de compra e no processo da tomada de decisão, pois os sentimentos positivos trazem mais satisfação. Quando falamos de uma realização do tamanho da aquisição de uma casa, certamente estamos sob influência também das nossas memórias afetivas


As lembranças só afloram o emocional, o que pode acabar influenciando muito nessa compra. Por exemplo, você entra em uma cozinha que te lembra a casa dos seus avós, o que vai despertar memórias felizes que gostaria de ter de volta. Isso acontece porque temos a tendência de associar ambientes e locais a sentimentos. Essa associação automática é o que chamamos de memória afetiva.


Em momentos específicos, de tomada de decisões importantes, é preciso saber equilibrar as emoções para não fazer aquisições que demandam grandes quantias de dinheiro em momentos de extrema alegria ou até mesmo de muita tristeza. 


E como as emoções negativas influenciam esse processo?


Assim como as emoções positivas, as sensações negativas também podem te influenciar a realizar uma aquisição equivocada. Mas afinal, quais sensações são evocadas no momento da compra? O estado de humor pode funcionar como um gatilho, sendo a compra um mecanismo de alívio e a compensação para o estresse, a tristeza e o mau-humor. Tudo isso pode levar a decisões tomadas impulsivamente.


Estamos cansados de saber que a escolha de um imóvel para comprar envolve muitos detalhes, uma pessoa impulsiva tem a tendência de tomar decisões de forma espontânea, ou seja, sem reflexão e de forma imediata, pois é dominada pela atração emocional. 


Afinal, como lidar com as emoções na hora da compra de um imóvel?


Tente entender suas emoções


Nossa primeira dica de como lidar com as emoções na hora da compra de um imóvel é tentar entender o que você está sentindo. A inteligência emocional está relacionada à capacidade de gerir e compreender as emoções de uma maneira saudável, que seja positiva. Dessa maneira, é possível trabalhar o autocontrole ao encontrar as raízes que geram essas emoções para, assim, compreendê-las e redirecioná-las. 


Tenha um planejamento


Para realizar a compra de um bem de alto valor  com responsabilidade e segurança, a maior dica que podemos dar é fazer um bom planejamento. Isso porque as emoções podem ter uma forte influência, até mesmo maior do que você imagina, quando não se define limites. 


Escolha um imóvel que você precisa


Além de ter certeza de escolher um imóvel que caiba no seu bolso, certifique-se de que ele satisfaça suas necessidades. Uma boa dica é tentar imaginar como seria morar nele durante pelo menos oito anos. Pense em como você vê o rumo da sua vida nesses anos, onde você pretende estar no mercado de trabalho, se a família aumentará, assim, você terá uma perspectiva para basear sua escolha. 


Se questione sempre


Antes mesmo de visitar um imóvel que te interessa, anote algumas perguntas importantes que devem ser feitas e releia-as para ter certeza de que não está se deixando levar pela emoção do momento na hora da escolha. Aqui listaremos alguns questionamentos importantes que devem ser feitos por você mesmo nesse momento: 

 

  • A infraestrutura do bairro atende às minhas necessidades, meu estilo de vida e da minha família? – faça um check list do imóvel considerando sua rotina, seu trabalho, seus compromissos e a interação social;
  • O imóvel é do jeito que eu preciso? – verifique se as condições estruturais do imóvel atendem às suas necessidades, sem necessidade de grandes reformas;
  • Esse vai ser um bom negócio? – não deixe de pesquisar bem o mercado imobiliário para entender se é um bom momento para comprar um imóvel, evitando só seguir o que os outros estão fazendo sem critérios. Esse é um comportamento irracional guiado pelas emoções. 


A Nova Época Imóveis espera que você tenha compreendido quais os fatores emocionais que de fato influenciam na compra de um imóvel, assim, você pode se prevenir para esse processo e ter uma aquisição bem sucedida! Para mais dicas e informações sobre compra e venda de imóveis e sobre esse mercado, não deixe de nos acompanhar aqui no blog e em nossas redes sociais
 

 

 

Escrito por Mariana Carvalho

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

Ao enviar, aceito a Política de Privacidade