Dicas para quem vai mudar de imóvel no mesmo bairro do antigo

É muito comum que algumas pessoas decidam se mudar por estarem insatisfeitas com o imóvel em que estão morando, mas serem muito apegadas ao bairro onde moram, pois ele supri todas as suas necessidades e possui uma ótima localização. Com isso, muitas pessoas acabam mudando de apartamento, mas não mudam de bairro.

Isso acontece porque seguir morando no mesmo bairro tem muitas vantagens, como saber andar pela região, saber onde são as áreas mais silenciosas e as mais barulhentas, conhecer a rotina do bairro, entre muitas outras. Outra vantagem de seguir morando no mesmo bairro é no caso de pessoas que precisam se mudar porque o imóvel já não é mais ideal, porém suas rotinas permanecem na mesma região.

Neste post, a Nova Época Imóveisvai falar um pouco mais sobre os motivos que levam as pessoas a mudarem de apartamento no mesmo bairro listando as vantagens de permanecer morando na mesma região. Além disso, ainda vamos dar algumas dicas de como fazer essa mudança de forma mais prática e para que a compra do novo imóvel se torne um investimento.

Vantagens de se mudar para o mesmo bairro

É muito comum que as pessoas se apeguem aos bairros onde moram, principalmente se elas moraram na região a vida inteira. E mudar para outro imóvel no mesmo bairro que o antigo pode trazer muitas vantagens, como:

1. Facilidade na mudança

Uma das maiores vantagens de se mudar para o mesmo bairro é o menor impacto financeiro que essa mudança vai causar nas suas finanças. Como as empresas de mudança cobram mais caro conforme a distância que elas precisam percorrer entre um imóvel e outro, se mudar para um lugar na mesma região vai baratear esse processo. Mudar para perto acaba sendo sinônimo de economia.

2. Vivência na região

Quando você mora por um tempo em determinada região, faz sentido você conhecer e se acostumar com a dinâmica do lugar. Com isso, você sabe como andar pela região, se há boas escolas nas redondezas, conhece atalhos, sabe quanto tempo demora para chegar nos lugares onde quer ir, sabe onde fica a feira mais próxima, qual o melhor supermercado para frequentar, ou seja, você conhece a rotina do bairro. Assim, após a mudança, você não vai precisar de muito tempo para se adaptar. 

3. Conhece os lugares com mais ruído

Por ser um morador da área já há algum tempo, você conhece bem quais os lugares mais barulhentos e quais os mais silenciosos da região. Isso pode facilitar o processo de escolha do próximo apartamento e, no caso de escolher um imóvel em uma região mais barulhenta, por exemplo, por já conhecer o bairro pode decidir colocar janelas antirruídos antes mesmo de se mudar para o imóvel, evitando qualquer estresse.

4. Rotina das crianças

Para os papais de primeira, segunda ou terceira viagem, mudar de imóvel na mesma região pode ser uma vantagem porque permite que você não tenha que trocar a rotina das crianças. Apesar de mudarem de casa, elas vão continuar indo para a mesma escola e nas atividades que já fazia antes, frequentando os mesmos lugares e sem ter que se readaptar a tudo. Outra vantagem é que as crianças vão poder continuar convivendo com os colegas do antigo condomínio.

Dicas para quem decide se mudar dentro do mesmo bairro

Quem se muda de imóvel, mas continua no mesmo bairro, na maioria das vezes, procura mudar o tamanho do espaço em que vive, seja para um espaço maior ou menor do que o atual. Porém, em alguns casos, esse não é o único motivo: melhorar a qualidade de vida da família também pode ser um desejo.

Para transformar essa mudança em um bom investimento, algumas dicas podem te ajudar a escolher um lugar que vale à pena:

1. Cheque a segurança

Quando mudamos de imóvel, uma expectativa é que o próximo lugar seja melhor do que o anterior. Por isso, quando você estiver procurando outro imóvel para morar, mesmo que seja na mesma região, não deixe de verificar se a segurança do edifício que você está de olho é tão boa quanto a do local onde você vive atualmente. Ou seja, fique atento se o prédio tem portaria 24h, portões automáticos e câmeras de segurança.

2. Caminhe pela região

Sabemos que achar um novo imóvel demanda muita pesquisa, sola de sapato, busca em sites de imobiliárias e até mesmo a ajuda de um corretor de imóveis qualificado. Depois de separar as melhores opções para você, chega a hora de visitar aqueles imóveis que mais te chamaram atenção e é nessa hora que você deve prestar atenção e observar todos os detalhes, incluindo os arredores do condomínio, uma boa caminhada pelo quarteirão é o recomendado.

Além disso, aproveitar as visitas para conversar com os futuros vizinhos, procurar se informar sobre o dia a dia do condomínio, sobre ruídos e até mesmo sobre a luminosidade do lugar, como a hora que o sol bate no imóvel, são boas dicas.

3. Bichos de estimação

Se você tem um ou mais bichinhos de estimação, não esqueça deles na hora da escolha do novo imóvel. Verifique se o condomínio permite a circulação de animais pelas áreas comuns e, se possível, procure observar se os vizinhos tem uma boa relação com animais ao questioná-los. Já existem vários prédios que contam com espaços dedicados aos animais de estimação.

4. Cuidado com ruídos

Todo bairro tem uma rua mais barulhenta e movimentada do que a outra. Para quem está procurando melhorar a qualidade de vida da família e, consequentemente, uma vida em um lugar mais tranquilo, a dica é que você tome cuidado na hora de escolher a rua e dê preferência para as ruas mais silenciosas e residenciais do bairro.

Achou vantajoso mudar para um novo imóvel no mesmo bairro do antigo? Caso a sua resposta seja sim e você esteja pensando em se mudar, não deixe de conferir as ofertas no site da Nova Época e para mais dicas confere nosso blog!