Dicas para os pais de pet: saiba como manter seu apartamento sempre organizado e cheiroso

Ter um pet, seja ele um cachorro ou gato, é sempre uma alegria, afinal, eles são ótimos companheiros. Porém, também exige certa dedicação e cuidados especiais com a saúde do animal, bem como com a limpeza da casa, para manter o ambiente sempre organizado e saudável para todos os moradores. 


Como manter o apartamento organizado e cheiroso mesmo com animais de estimação, principalmente cachorros, é uma dúvida frequente que muitos pais de pet se fazem. É possível conciliar pets e apartamentos limpos, no entanto, é necessário caprichar na limpeza e usar alguns truques para perfumar a casa. Por isso, é importante pensar bem na rotina de limpeza antes de levar um bichinho para dentro do seu apartamento. 


Cuidar de pets é um desafio diário, isso não é dúvida, e, no caso de quem mora em apartamento, a atenção deve ser redobrada, principalmente no caso dos cães, que podem deixar um odor bem característico, podendo ser cheiro natural ou alguma necessidade que escapou. Mas a boa notícia é que essa dificuldade pode ser facilmente superada com algumas boas práticas voltadas para quem não consegue viver sem um bichinho de estimação em casa. 


Para ajudar os pais de pet de plantão na missão de manter a casa sempre cheirosa e organizada e entender como facilitar esse processo, a Nova Época Imóveis trouxe algumas dicas bem simples e eficientes que você pode implementar na sua rotina de limpeza. E para mais informações ou dicas sobre limpeza, visite nosso blog!


1. Procure usar produtos de limpeza adequados


Mais importante do que procurar manter a casa sempre limpa é a saúde do seu bichinho e os produtos de limpeza que você escolher usar podem afetar diretamente nisso. Por isso, antes de comprar qualquer coisa, é importante que você se certifique de que os produtos de limpeza não vão causar danos nem à saúde do pet nem da sua família. Procure usar desinfetantes próprios para este fim, assim, você não prejudica a saúde do seu bichinho e elimina as bactérias.


Alguns produtos, como água sanitária, por exemplo, podem provocar alergias nos pets, e até mesmo nas crianças! Na dúvida, consulte sempre um veterinário e fique em observação se seu bichinho vai dar sinais de desconforto depois de usar algum produto. O ideal é sempre optar por produtos feitos de amônia quaternária e fragrâncias como lavanda, herbal, cítrico e citronela. 

Procure produtos de limpeza não nocivos para
saúde do seu pet.


2. Adote e mantenha uma rotina de limpeza


A primeira e principal dica da nossa lista para manter a casa sempre em ordem e com um cheiro agradável, com ou sem pet, é manter uma rotina de limpeza. Para isso, é importante manter um planejamento semanal que você possa cumprir, dividindo os afazeres durante os dias. O ideal é manter as áreas por onde os animais circulam diariamente higienizadas. Além disso, sempre que puder, procure deixar as janelas e portas abertas para a melhor circulação do ar, diminuindo as chances de proliferação de fungos, ácaros e bactérias. 


No caso de quem tem bichinhos, algumas atividades devem ser feitas diariamente ou em dias alternados, como varrer a casa, passar aspirador nos estofados, passar pano no chão e nos móveis, afinal, os bichinhos soltam muito pelo. Recolher fezes e xixi é uma tarefa necessariamente diária, limpando o espaço que ele usa para fazer as necessidades com um pano com álcool ou desinfetante. 


3. Ensine seu pet a fazer as necessidades no lugar certo


Antes de ensinar seu pet onde fazer as necessidades, é importante você escolher um cantinho para isso, onde você possa disponibilizar um pedaço de jornal especialmente para ele. É essencial que o pet tenha um lugar fixo para isso. Se você deseja ter um cachorro em casa, principalmente se você mora em apartamento, é imprescindível que você adestre seu pet e ensine para ele a fazer suas necessidades no lugar certo. 


Vale destacar, ainda, que esse processo de ensinamento deve ser feito com o bichinho desde o primeiro dia do pet no apartamento, mostrando repetidamente onde fica o “banheiro” dele até que ele aprenda. Para isso, uma tática que pode ser muito eficaz é presentear seu animalzinho com seus petiscos preferidos toda vez que ele fizer xixi e cocô no lugar certo. Procure não brigar com ele, apenas ensiná-lo. 

Ensine seu pet a fazer as necessidades
no cantinho certo.


4. Dê banho no seu pet com frequência


É natural os pets apresentarem odores e os espalhem por todo o ambiente. Nesse caso, para eliminar o mau cheiro e manter seu apartamento sempre higienizado, é fundamental levar seu cachorro para tomar banho frequentemente. Manter a escovação do pet também é fundamental para diminuir a queda de pelos. Uma dica é consultar o veterinário qual a frequência ideal de banho para a raça do seu cãozinho. 


O banho também é muito importante porque de nada vai adiantar você higienizar os espaços todos os dias e o bichinho permanecer sujo, pois o trabalho será em vão. Logo, essas duas ações devem ser feitas simultaneamente, para que os cômodos fiquem sempre cheirosos, limpinhos e agradáveis. E lembre-se: na volta de passeios, limpe as patas do seu pet com lenços umedecidos, evitando, assim, a entrada de sujeira e bactérias na sua casa.


5. Procure higienizar e cobrir tapetes e sofás


Se você deseja ter um pet, é preciso ter em mente que acidentes acontecem e não é preciso agir como se fosse o fim do mundo caso seu cachorro faça suas necessidades ou vomite no sofá ou no tapete. Caso isso aconteça, é importante que você reforce o ensinamento do pet de onde as necessidades devem ser feitas e limpar o local sujo. 


Para isso, primeiro remova a parte sólida da sujeira, depois esfregue com uma bucha, água e detergente ou use o aspirador de pó para tirar a umidade do local. Você pode, ainda, usar um pouco de vinagre para te ajudar a facilitar a remoção da sujeira, além de borrifadores perfumados para finalizar esse processo. 


Porém, se você é o tipo de pessoa que não gosta da ideia de seu cachorro sujar o sofá e as poltronas, a melhor alternativa para o seu caso é cobrir esses móveis com mantas e tecidos mais grossos. Dessa forma, também evita que os pelos do pet se acumulem no local. Esses elementos podem contribuir, inclusive, para a decoração do cômodo. 

Procure manter os tapetes e sofás higienizados.


6. Aposte em cheirinhos de ambiente 


Os produtos disponíveis no mercado para perfumar podem não erradicar o problema do cheiro do animal, mas podem ajudar e muito a deixar a casa sempre cheirosa. Por isso, o recomendado é que você compre produtos perfumados específicos para passar no chão, aromatizadores de ambiente, incensos e borrifadores de perfume para a casa. Depois de uma boa e minuciosa limpeza, finalize com esses produtos para deixar um cheirinho agradável no ar.


7. Procure limpar os potes de ração e de água diariamente


A umidade no pote de comida pode causar fungos, levando a uma dor de barriga ou até mesmo a um quadro de intoxicação no bichinho, e o pote d’água pode ser foco do mosquito transmissor da dengue. Por isso, a higienização desses itens deve ser feita diariamente, ajudando, assim, a manter o espaço cheiroso e organizado sempre. 


Ter um cachorro, principalmente para quem mora em apartamento, pode ser trabalhoso, mas também é compensador comparado ao carinho, amor e companheirismo que eles nos proporcionam. Nossas dicas foram úteis? Quer mais dicas de limpeza, bem-estar, turismo e sobre o mercado imobiliário? Então não deixe de conferir nosso blog! 
 

 

 

Escrito por Mariana Carvalho