Dicas essenciais para quem vai comprar o primeiro imóvel

Sair da casa dos pais e comprar seu primeiro imóvel é um dos momentos mais sonhados por grande parte dos brasileiros. Antes mesmo de comprar um imóvel próprio você já começa a imaginar como vai ser cada cantinho desse espaço, com tudo decorado do seu jeito e com a sua essência. Esse é um dos maiores passos na vida de uma pessoa e decidir qual é o melhor lugar para morar é um processo que sempre pode gerar muitas expectativas.

Esse é o momento em que a pessoa resolve que precisa ter um local próprio ou quando o casal vai dar o primeiro passo em sua vida a dois ou até mesmo quando a pessoa quer uma propriedade para investir em locação. Seja qual for o caso, essa é sempre uma decisão importante e deve ser feita com muito cuidado e atenção. Afinal, um imóvel é o maior investimento que você fará na vida, por isso, esse processo exige muita pesquisa.

Escolher o primeiro imóvel nem sempre é uma das tarefas mais fáceis. São muitos os detalhes nesse processo até tudo se concretizar de fato e é importante que, ao começar suas pesquisas, você esteja muito atento a todos eles, afinal, esse é um momento de muita emoção, mas não podemos esquecer que essa escolha deve ser racional e se encaixar no estilo de vida que você segue.

Para te ajudar a saber o que você deve levar em consideração na hora da escolha do seu primeiro imóvel, a Nova Época trouxe algumas dicas importantes e informações preciosas que te ajudarão muito na hora da compra do imóvel. Não se esqueça de visitar nosso site e conferir nossas ofertas!

1. Reflita se é a hora certa de comprar

A primeira dica é que, antes de começar as pesquisas, você leve em consideração se esse é o momento certo de dar um passo tão grande e comprar a casa própria. O mais ideal é que essa seja uma decisão bem pensada, que você avalie o momento de vida que você está vivendo. É comum que a gente se precipite na hora de tomar uma decisão importante e no futuro chega o arrependimento.

A compra da casa própria é o maior investimento que você fará na sua vida e precisa de muito planejamento e organização. São os detalhes que podem definir qual deve ser o tamanho do imóvel, a localização ideal e outras características que podem depender de alguns fatores, como se sua família está formada e o tamanho.

2.Escolha o tipo de imóvel você quer

Outra dica importante que você deve considerar quando for procurar seu primeiro imóvel é escolher o que você quer: uma casa ou um apartamento? Na planta ou usado? Essas escolhas podem parecer simples e óbvias, mas na verdade devem ser minimamente pensadas e devem ser escolhas feitas racionalmente.

Se você vai morar sozinho ou com outra pessoa, isso também deve influenciar na hora da decisão. Por exemplo, caso você vá morar sozinho, fique muito tempo fora de casa e não queira perder tempo com muito trabalho no quintal, por isso, um apartamento é o ideal para seu estilo de vida e rotina. Caso você se mude com uma família grande e tem pets que precisam de espaço para brincar com as crianças, um quintal seria perfeito para você.

Como podemos observar, as necessidades e prioridades podem mudar muito de acordo com seu estilo de vida. Porém, se o plano da casa própria puder esperar alguns anos, é válido dar uma chance para imóveis ainda na planta, pois é comum que o valor seja menor e você tem a oportunidade de ajustar alguns detalhes na estrutura a seu gosto.

3. Deixe os detalhes importantes definidos

Outra dica essencial na hora de comprar seu primeiro imóvel é avaliar todos os detalhes. Caso o lugar seja usado, é de extrema importância que você preste atenção em todo o acabamento do imóvel e se caso exista algum vazamento. No momento da visita, muitas pessoas preferem levar um profissional, como um arquiteto ou engenheiro, para analisar o local de forma apropriada, assim, é possível ter certeza de que nenhum item será esquecido.

Outro ponto importante nesse momento é reparar se a região onde o imóvel fica localizado é barulhenta durante o dia ou durante a noite. Para avaliar isso, é preciso passar pelo local em diferentes dias e horários para observar o movimento. Além disso, é interessante que você converse com os vizinhos sobre o assunto.

É, ainda, muito interessante conhecer como são as ruas próximas ao imóvel que te interessou e avaliar se elas também são muito movimentadas ou não. Não se esqueça de se informar sobre os índices de segurança do bairro. Ainda é fundamental saber se o trânsito da região é muito intenso ou não.

4. Determine a melhor localização para você

A localização é um dos fatores mais importantes na hora de decidir qual imóvel comprar. É importante que o imóvel seja bem localizado, perto do metrô, de linhas de ônibus disponíveis e de comércio. Além de ser importante para seu dia a dia, também é a localização que definirá se seu imóvel irá valorizar com o tempo, caso você pense em vender no futuro.

É importante que você dê preferência para um imóvel que fique próximo ao seu local de trabalho ou que tenha fácil acesso a outras regiões da cidade. Além de contribuir para valorização do imóvel, morar em uma região bem localizada melhora muito sua qualidade de vida. Caso você precise usar transportes públicos, morar perto do metrô facilita bastante sua vida.

5. Entenda como funciona a compra de um imóvel

Como já dissemos aqui mais de uma vez, a compra de um imóvel é um dos momentos mais importantes da vida de uma pessoa, pois é um dos maiores investimentos feitos. Por conta disso, é essencial se cercar de certezas por todos os lados, assim, você evita surpresas desagradáveis. Por isso, além de pesquisar na internet, converse com amigos e familiares que já passaram por essa experiência.

Além disso, questione essas pessoas sobre as escolhas que eles fizeram quando compraram seu primeiro imóvel e o que elas fariam diferente caso pudessem. Com isso, você consegue ouvir situações práticas de informações que absorver durante as pesquisas.

6. Tenha um planejamento financeiro

Independente da forma de pagamento escolhida, é essencial que você tenha um planejamento financeiro e comece a poupar. Além do valor do imóvel escolhido, você ainda terá que ter dinheiro para arcar com outras despesas. É por isso que é sempre bom planejar o pagamento de taxas de transferência e documentos, despesas com a mudança e, em alguns casos, a compra de móveis e eletrodomésticos.

Caso você opte por fazer um financiamento, ainda é preciso reservar uma quantia de dinheiro para dar como entrada. O valor solicitado, no entanto, pode variar. Porém, geralmente este valor é de 30%do preço final do imóvel. Quanto maior for a quantia da entrada, menor será a dívida do financiamento e maior será o seu poder de negociação com o vendedor.

Com isso, é essencial organizar suas despesas e receitas para saber se é possível economizar em algum item desse processo ou se será necessário realizar um trabalho extra para ganhar ainda mais dinheiro.

7. Estude a situação atual do mercado

O mercado imobiliário pode ser extremamente dinâmico e é influenciado por inúmeras questões, como a economia ou a política do país. Com isso, é interessante acompanhar as notícias para entender se o momento atual é o melhor para adquirir um imóvel.

Dessa forma é possível saber se os preços dos imóveis da sua cidade estão sendo vendidos por valores menores e aproveitar o momento para fazer um negócio melhor. Mais um ponto que merece sua atenção são as regras e taxas de juros que são oferecidas no financiamento imobiliário. Elas ainda sofrem alterações constantes e devem ser acompanhadas de perto.

8. Contrate um corretor da sua confiança

Outra dica importante é escolher um bom corretor de imóveis que possa tornar o processo de compra mais seguro e tranquilo. É ele o especialista no mercado imobiliário e é o único profissional regulamentado para intermediar esse tipo de transação. Por exemplo, antes de fechar o negócio é importante verificar se o corretor tem registro do CRECI. É ele que aprova que o profissional está apto para te acompanhar durante essa aquisição.

O corretor de imóveis ainda pode tirar todas as suas dúvidas sobre como comprar um imóvel e ele ainda poderá te auxiliar com toda documentação necessária para essa aquisição, garantindo que você realize o melhor negócio possível.

Com essas dicas, a Nova Época espera que agora você saiba o que precisa levar em consideração na hora de comprar um imóvel, principalmente se este for o primeiro.