Cimento queimado na decoração: entenda essa tendência

Uma forma muito rápida, eficiente e econômica para transformar qualquer ambiente sem precisar de reformas é mudando os acabamentos das superfícies, experimentando diferentes texturas, cores e efeitos. Uma solução simples, mas que carrega muita responsabilidade é o cimento queimado, uma tendência de decoração que está encantando cada vez mais os brasileiros nos últimos anos.

Além de combinar com diversos tipos de mobília e estilos de decoração, o uso desse revestimento ajuda a agregar personalidade e charme aos ambientes. Essa tendência já dura alguns anos, mas se você quiser adotá-la agora, pode ficar tranquilo porque a expectativa é que esse revestimento não saia de moda tão cedo.

A exposição de estruturas, como vigas e encanamentos, em apartamentos, no melhor estilo industrial e retrô, permitiu que outros elementos rústicos, como tijolos à mostra, ganhassem cada vez mais espaço na decoração. O visual que parece inacabado ajuda a conceder ao cimento queimado um ar rústico, mas sofisticado, sem toda a aspereza do tijolo.

O cimento queimado é uma ótima solução para quem procura um piso liso que possa casar bem com estilos de decoração industrial, minimalista e contemporânea. Para te ajudar a entender tudo sobre essa tendência e como usá-la na decoração da sua casa, a Nova Época Imóveis elaborou esse post. Aqui vamos mostrar como aplicar essa tendência na sua casa com equilíbrio.

Processo de preparação do cimento queimado

A composição básica do cimento queimado é bem simples: apenas areia, cimento e água. Essa mistura é aplicada na superfície que você deseja, podendo ir tanto na parede quanto no chão, e depois basta o profissional respingar um pouco mais de cimento em pó sobre a superfície ainda úmida. Isso se chama “processo de queima” do cimento e nele é utilizada uma espátula e água, onde é preciso fazer movimentos que vão ajudar a dar uma textura irregular e orgânica.

Aqui estamos apenas mostrando como esse processo é natural e, por mais que ele possa parecer simples, cuidado, pois sem experiência e habilidade manual provavelmente o resultado não seja o mais satisfatório. É recomendado que você contrate mão de obra especializada para executar esse serviço.

Tipos de piso de cimento queimado e quais cuidados você deve tomar

A técnica acima é a mais conhecida quando o assunto é revestimento de cimento queimado, porém, existem outras opções caso você queira adotá-lo. Por exemplo, é possível adotar o porcelanato, que simula bem cimento queimado, porém é mais resistente e, por conta disso, não apresenta imperfeições que podem aparecer com o tempo e que costumam incomodar as pessoas.

Além disso, o porcelanato aguenta quase todos os produtos de limpeza, por não apresentar aspecto poroso, diferente do cimento queimado que pode absorver substâncias químicas e sofrer mudanças na sua estrutura, como manchas e trincas. No caso de quem opta pelo cimento queimado, o mais aconselhado é limpá-lo com uma vassoura, água, detergente neutro e aspirador de pó.

Para a instalação do piso em cimento queimado, é essencial que a área onde ele será aplicado esteja devidamente regularizada e nivelada, sem nenhuma trinca. Porém calma, pois os cuidados e as diferenças de aplicação podem variar de acordo com a área onde ele será aplicado. Em casos de áreas externas, por exemplo, é necessário que você impermeabilize o acabamento e as juntas de dilatação, assim, você pode evitar que o piso trinque menos com o tempo. Já na parede, o aspecto de cimento queimado pode ser atingido através de tinta.

Entenda como aplicar tinta na parede para dar o efeito do cimento queimado

Da mesma forma como no piso, para que a parede fique com o aspecto perfeito de cimento queimado é preciso que sua superfície esteja nivelada e lisa. O mercado de tintas e decor já oferece produtos para que você consiga esse efeito pronto, como a tinta cimento queimado.

Se você não quer gastar com mão de obra e deseja fazer você mesmo, o mais recomendado é que você compre essa tinta que imita o cimento queimado, afinal, ela é mais barata e sua aplicação é muito mais prática. Para aplicá-la basta você preparar a parede com um fundo branco homogêneo e depois você aplica a tinta com uma espátula. Lembre-se: a maneira como você vai aplicar a tinta vai definir o resultado final. Procure sempre fazer movimentos que vão dar à superfície uma textura orgânica e irregular.

Dicas de decoração com cimento queimado

O cimento queimado é uma ótima escolha para decoração por ser bem eclético, ele pode entrar em qualquer lugar da decoração, não se limita somente ao piso e às paredes. Você pode trazer essa tendência de diversas maneiras, passando em bancadas e itens decorativos, como bancos, prateleiras, vasos e até mesmo bandejas. É possível criar bancos blocos de cimento queimado ou comprá-los prontos.

O cimento queimado também combina bem com o teto. Decorações desse tipo ajudam a dar um ar ainda mais rústico e bruto, porém sem perder o visual bonito e sofisticado. Prateleiras e vasos feitos desse material são outra ótima ajuda para dar um toque a mais na decoração sem grandes gastos.

Gostou da nossa dica? Quer mais dicas de decoração? No blog da Nova Época você encontra várias dicas de decor interessantes que vão te ajudar a deixar um pouco mais da sua personalidade no imóvel se mantendo dentro das tendências do mercado imobiliário!

 

 

Escrito por Mariana Carvalho