Imóvel na planta: entenda com vender o seu

É mais comum do que parece pessoas comprarem um imóvel na planta e, logo depois, por conta de questões pessoais ou familiares, pensarem em vendê-lo. Muitas pessoas vendem até mesmo antes do imóvel estar pronto! Afinal, às vezes mudamos de ideia, mesmo com uma aquisição com valor tão alto. E uma das dúvidas mais frequentes é como vender um imóvel que comprou na planta e ainda não foi entregue. 


Esse processo pode parecer complicado, porém, com a ajuda certa e tendo atenção em alguns pontos que vão diferir da venda de um imóvel que já existe, é possível fazer essa transação de modo simples e fácil. Independente das razões que levam alguém a revender ou desfazer o negócio de compra de um apartamento na planta, é necessário levar muitas coisas em consideração e pensar bem antes de tomar qualquer decisão.


Para te ajudar a entender como efetuar uma venda dessas e o que levar em consideração antes de anunciá-lo, a Nova Época Imóveis elaborou esse post com algumas dicas importantes. Para mais dicas e informações sobre o mercado imobiliário, não deixe de conferir nosso blog! 


Pense bem antes de desfazer o negócio


Nossa primeira dica, mais como um conselho, é: pense bem antes de desfazer o negócio. Algumas pessoas preferem, ao invés de revender, desfazer a compra, seja por atraso na construção ou por dificuldades de arcar com os pagamentos. Por isso, é essencial prestar atenção para ver se o pagamento de multas para a construtora por quebra de contrato não é válido e pensar bem antes de decidir o que fazer. 


Em casos onde a construtora é o motivo do cancelamento da compra do imóvel, como atrasos nas obras, é possível recorrer na justiça para a devolução dos valores que já foram pagos e outras despesas devido ao atraso. Em todos os casos, é possível que você demore um tempo para você conseguir o dinheiro. Por isso, ao invés de desfazer o negócio, a melhor alternativa seria revender o apartamento na planta.


Como fazer a revenda de um imóvel na planta


É importante entender logo no começo desse processo que, quando você desiste da compra de um apartamento na planta por um motivo particular, ou seja, que não foi culpa da construtora, você não receberá 100% do que já pagou. A devolução do valor só é total se houver fraude ou outro tipo de crime envolvido. 


Esse é só mais um motivo que mostra que revender esse apartamento pode ser uma ideia melhor, pois é uma forma de receber de volta o dinheiro que você já investiu no negócio. E lembre-se: vender um imóvel que ainda está na planta é um direito do comprador até o último momento, na entrega das chaves. 


O que fazer para revender um imóvel na planta

Para vender um apartamento que ainda está na planta, você precisará de todos os contratos que assinou com a incorporadora e de todos os documentos que dizem respeito à compra, como a escritura de alienação fiduciária, por exemplo. Com isso em mãos e junto com o vendedor do imóvel, o comprador precisa ir até o Cartório de Registro de Imóveis onde a propriedade está registrada para fazer um contrato de compra e venda que descreva o valor e as condições de pagamento acordadas. 


No caso de o imóvel já estar quitado, o valor será o preço final. Porém, se ele ainda estiver sendo pago, vai ser preciso entrar em contato com a construtora para que as parcelas que faltam possam ser redirecionadas para o novo dono. Por isso, antes de pensar em revender o imóvel, é importante falar com a construtora para entender qual situação está a sua compra. 


O que é repasse imobiliário?


Repasse imobiliário é a transferência de um financiamento imobiliário ativo de uma pessoa para outra. Isso quer dizer que se você comprou um imóvel na planta com financiamento e vai revendê-lo antes de ele ser quitado, é possível que você repasse essa dívida ao novo comprador. Ou seja, você estará passando o pagamento daquele imóvel para frente, o que, consequentemente, muda o nome de quem pagará as dívidas.


Dessa forma, a pessoa que compra o imóvel tem duas possibilidades: assumir a dívida naquele banco mesmo ou quitá-la. Porém, atenção, pois o banco precisa estar de acordo com esse repasse e aprovar essa nova pessoa, afinal, essa mudança vai refletir em um novo contrato de financiamento que deve ser levado ao cartório. 


Como ganhar dinheiro com imóveis na planta?


É comum as pessoas usarem imóveis na planta como forma de investimento. Isso porque, geralmente, eles possuem um valor menor do que aqueles imóveis já construídos, pois ainda não tiveram “tempo” para se valorizar, afinal, ainda é um trabalho incompleto. 


Essa valorização é o que vai definir seu investimento, já que você pode vender por um valor muito maior do que pagou quando comprou. E isso vale para todo tipo de investimento, seja um apartamento na planta, ações, títulos. O mais importante, ao fazer um investimento, é que você saiba o momento certo tanto para comprar quanto para vender, adquirindo, assim, o melhor lucro na transação. 


Vale a pena investir em imóveis na planta?


As vantagens financeiras de vender um apartamento na planta são várias, pois, desde o momento da compra do imóvel na planta você conta com alguns benefícios, como:

 

  • Escolha do andar, vista e acabamentos que podem ajudar a valorizar ainda mais o imóvel;
  • Imóvel novo não demanda reformas;
  • Facilidade de negociação com a construtora e aprovação de crédito na hora da compra.


Imóveis na planta costumam ter um alto potencial de valorização com o passar do tempo, por isso é importante analisar ao redor a região, futuros empreendimentos, comércio, transporte, escolas, hospitais, farmácias, entre outros fatores que podem ajudar a valorizar o imóvel ou desvalorizar o imóvel com o passar do tempo. 


Gostou do nosso post? Ficou com dúvidas ou gostaria de saber mais? Entre em contato com um dos nossos corretores, eles estão aqui para te ajudar com o que precisar durante todo o processo de compra e venda de imóveis! 
 

 

 

Escrito por Mariana Carvalho