O que não te contam sobre ser um corretor de imóveis

Já fizemos vários posts sobre como ser um corretor de imóveis e quais as vantagens de escolher essa carreira, mas existem muitas informações importantes, principalmente para aqueles iniciantes, que as pessoas não falam muito sobre e que você deve saber antes de decidir seguir nesse mercado.

Para iniciar sua carreira nessa área com o pé direito e se dar bem, sem correr riscos de se frustrar, é preciso saber de algumas dicas e detalhes sobre essa profissão. Se você está realmente interessado em criar uma carreira bem sucedida nesse ramo deve ficar atento ao passo a passo para ser um bom profissional.

O corretor precisa ficar atento e saber usar todos os seus conhecimentos mentais de urgência para ter controle sobre toda a negociação. Uma das coisas que não se fala muito e você não pode esquecer é que é importante sim dar um espaço para seus clientes pensarem, mas cuidado para eles não adiarem demais a decisão e atrasarem muito a compra, isso pode prejudicar não só ele, pois os preços podem mudar, mas você também.

Ao escolherem essa profissão, muitas pessoas só pensam nos ganhos ilimitados e na flexibilidade de horários, se sentindo preparadas para entrar nesse mercado só por saberem lidar com o público ou por adorar visitar casas. O que elas não pensam é numa visão geral. É preciso ter uma visão mais realista do que é ser um corretor de imóveis para entrar nesse mercado com maiores chances de sucesso.

Pensando nisso, a Nova Época trouxe esse post para apontar curiosidades sobre essa profissão com uma visão mais realista, para que você entenda que nem tudo é um mar de rosas e para te ajudar a entender se esse é o mercado que você quer entrar. Não deixem de visitar nosso site e conferir nossas ofertas! E não se esqueça que a Nova Época oferece ótimos cursos para aprimorar suas habilidades.

Cuidado com a flexibilização de horários

Um dos grandes atrativos e uma das vantagens que mais chamam novos profissionais para esse mercado é a possibilidade de você poder fazer seu próprio horário e programação, sendo seu próprio dono. Claro que ser autônomo tem suas vantagens, já que você pode escolher entre trabalhar em casa ou em um escritório, ficando mais livre para se programar.

Porém, é preciso que você se lembre que, mesmo com toda essa liberdade, você ainda vai depender da disponibilidade de outras pessoas, como seus clientes e os proprietários do imóvel, caso ele ainda não esteja vazio e a chave não esteja com você.

Caso você decida trabalhar em uma imobiliária, que é mais seguro e tem suas vantagens, você terá que cumprir com horários definidos pela empresa para sua jornada de trabalho, incluindo rodízios, escalas de férias, plantões de fim de semana, entre outras coisas. Muitos pensam que mesmo escolhendo esse caminho você ainda tem uma flexibilidade maior, porém, você também deverá ficar à disposição da imobiliária, pois pode acontecer do cliente te procurar fora do eu horário.

Ganhos ilimitados só vêm com muito trabalho

Outra grande vantagem que chama muita atenção de novos profissionais nessa área são os ganhos ilimitados. Essa profissão é uma das oportunidades mais rentáveis do mercado de trabalho e isso é realmente tentador, porém, não pense que isso vem de graça. Ao passo que você fará muito dinheiro, precisará trabalhar muito e ter isso em mente é o que vai te ajudar a ser bem sucedido.

Tenha em mente que muitos profissionais dessa área não têm feriados nem fins de semana. Claro que sua carreira depende de você, porém, quanto mais você se dedicar, mais lucro terá. O resultado dependerá somente e exclusivamente do seu esforço.

Lembre-se: se você vende, você ganha. Caso não consiga ter muito êxito nas suas vendas, você precisará correr atrás do prejuízo, por isso, se emprenhe para trabalhar. Além disso, é importante que você estude, pesquise e converse com pessoas que já trabalham nesse ramo para entender como é a vida de um corretor de imóveis, antes de tomar qualquer decisão.

Foque no networking

Uma dica muito importante para quem está ingressando nesse mercado é que não crie expectativas, pois essa é uma profissão muito séria, já que envolve muito dinheiro. Além disso, os clientes procuram por corretores experientes.

É importante que você entenda que não pode contar totalmente com familiares e amigos, nem fique chateado caso aqueles mais próximos não te escolham para ajuda-los. Se foque sempre em conseguir novos clientes com ações de marketing digital, além de fidelizar aqueles que já são clientes, oferecendo atendimento individualizado.

Lembre-se: dê sempre mais importância para quem já é seu cliente, afinal, com seus clientes bem atendidos e satisfeitos, eles te indicarão para familiares e amigos, divulgando seu trabalho e, consequentemente, conseguindo mais clientes para você.

Você precisa gostar de trabalhar com o público

É importante que você entre nesse ramo com a consciência de que é preciso gostar de trabalhar com pessoas, pois você lida com um dos maiores sonhos do brasileiro, que é a compra da casa própria. Essa é uma compra que envolve desejos, expectativas e medos e que você deve saber lidar com eles!

O corretor de imóveis leva tranquilidade e segurança para seus clientes, informando-os sobre coisas que ele não conheça, como assuntos sobre o mercado imobiliário. Por conta de tudo isso, é importante que você esteja preparado técnica e emocionalmente para lidar com todos os seus clientes, já que cada um tem seus anseios, dúvidas, desejos e peculiaridades.

Você precisa esperar para ter sucesso

Você precisa saber que ao entrar nesse mercado vai precisar ter paciência, pois essa gestão é considerada prolongada. Isso é algo comum que acontece em todos os ramos do mercado, variando entre períodos maiores ou menores, mas tem pessoas que entram no ramo imobiliário acreditando que o sucesso virá de um dia para o outro, quando não é bem assim.

Nesse mercado, o “tempo de incubação”, em 80% das vezes, costuma durar em torno de 24 meses. Isso acontece porque muitos profissionais desistem desse ramo ou não renovam sua licença no CRECI e acabam indo para outras áreas do mercado.

Por isso, é importante que você tenha certeza de que esse é o caminho que você quer seguir, além de ter calma e seja persistente. Se você conseguir passar por esses dois primeiros anos significa que esse pode ser o ramo certo para você.

Você precisa investir desde o início

Mesmo se você escolher ser um corretor autônomo, um investimento será necessário. É muito difícil encontrar um negócio com investimento zero e o ramo do mercado imobiliário não é diferente. Por isso, não deixe de guardar uma verba para investir na sua carreira. Os investimentos serão contínuos e sem eles será impossível de trabalhar.

Independente de você resolver ou não alugar um espaço só para você, o que é uma redução absurda de custos, você terá outras despesas que são inevitáveis, como roupas novas e boas para manter a aparência, combustível para fazer as visitas aos imóveis, internet, telefone para contato e software imobiliário com CRM para suas campanhas de divulgação e para que você possa gerenciar seu negócio.

Essas foram algumas curiosidades e dicas que quase ninguém fala sobre o ramo de corretagem imobiliária. A Nova Época espera ter te ajudado a entender o que você precisa saber antes de entrar nesse mercado, para que você não se arrisque muito e se frustre.