Entenda a importância de pedir a planta do imóvel na hora do aluguel

À primeira vista, a planta de um imóvel pode parecer apenas um desenho usado para ajudar arquitetos e engenheiros. Porém, este desenho esquemático do imóvel pode ser muito útil para conhecer todos os detalhes do bem que está sendo alugado. É ele que fornece todas as informações sobre a edificação do lugar onde você mora ou vai morar. Ou seja, podemos concluir que é um desenho muito importante para você conhecer a fundo o ambiente. 


Os detalhes que você encontra nesse esquema são primordiais não só para os compradores, mas também para os locatários, afinal, é sempre importante conhecer o espaço onde você pensa em morar, seja definitiva ou temporariamente. Quer entender melhor o porquê da importância de conferir a planta de um imóvel na hora do aluguel? Então chegou ao lugar certo! 


A Nova Época Imóveis explica para você o que é a planta de um imóvel, por que é importante pedir para vê-la na hora de alugar um empreendimento e em quais informações ficar atento na hora de verificar esse desenho. Em caso de dúvidas ou para mais informações entre em contato com um dos nossos corretores e para mais conteúdos como este fique ligado no nosso blog


O que é a planta do imóvel? 


A planta de um imóvel, ou planta baixa, é a representação da casa ou do apartamento em posição horizontal, com uma visão de cima, sem o teto, em escala reduzida e proporcional. Esse desenho serve para planejar o funcionamento do imóvel, assim como a quantidade, disposição e tamanho dos cômodos. Em resumo, basicamente uma planta deve conter: 

 

  • Cotagem;
  • Paredes;
  • Definição dos espaços;
  • Aberturas (portas e janelas);
  • Componentes hidráulicos e elétricos;
  • Nível da construção. 


Não é possível realizar obras ou reformas em um imóvel que não tem a planta totalmente finalizada. Com ela definida e aprovada pelo proprietário, este desenho esquemático será usado para guiar os responsáveis pela construção, para que eles saibam o que fazer em detalhes. Alguns outros tipos de planta, como a humanizada, inclui distribuição de móveis e pisos em diferentes cores para facilitar a compreensão dos interessados. Ainda existem as plantas que podem ser visualizadas em 3D, o que as torna muito mais realistas. 


Com a confecção da planta do imóvel feita, vão entrar em cena os projetos complementares, como o hidráulico, o elétrico, o estrutural, o paisagístico, o de interiores, entre outros. Por isso, esse esquema é essencial para que a construção do imóvel seja bem sucedida é não gere dores de cabeça futuras. 


Quem faz a planta de um imóvel? 


O profissional mais adequado e recomendado para fazer a planta de um imóvel é o arquiteto. Em casos muito pontuais, um designer também pode realizar esse trabalho. Quando você quer separar dois ambientes para criar um espaço para o home office ou fazer uma reforma na lavanderia, por exemplo, o designer pode ser mais adequado. 


Em ambos os casos citados acima, os profissionais trabalham em parceria com o engenheiro civil, que vai ajudar a garantir a viabilidade do projeto para determinado imóvel. 


Por que é importante ter a planta do imóvel? 


A planta de um imóvel é muito importante especialmente na compra e venda ou locação de uma residência, pois é nela que constam todas as informações do imóvel, permitindo que o interessado na compra ou locação verifique se o local cumpre com o planejado. Além disso, fica mais fácil de fazer o planejamento de cômodos, decorações e móveis quando você tem as dimensões de cada área do espaço a ser comprado nas mãos. 


No caso do vendedor ou do locatário, a planta é importante porque é uma maneira de vender ou alugar o imóvel mais rápido. Você pode até começar a divulgar o imóvel antes mesmo da sua construção ser finalizada. Isso porque a planta já permite que os interessados visualizem o imóvel e entendam se ele é, de fato, o que estão buscando em um novo lar ou não. 


Por que é importante conferir a planta do imóvel antes de alugar?

 
Quem pensa em alugar um imóvel pode se perguntar porquê pedir pela planta do lugar, se ele é alugado e não comprado. Bom, ela pode ser de grande ajuda na hora de salvar sua casa em casos de emergências, facilitando muito a sua vida. Por exemplo, imagine que você pensa em fazer uma reforma para que o lugar fique mais a sua cara. O responsável pela obra precisará consultar a planta para garantir que nenhuma parede de sustentação seja derrubada. 


Além disso, é importante lembrar que, no caso de um sobrado, um duplex ou um triplex, o locatário precisa ter acesso à planta térrea e à superior! 


No que você deve prestar atenção na planta do imóvel? 


1. Paredes, portas e janelas 


As paredes têm como função sustentar o imóvel, porém, elas também ajudam a delimitar os ambientes da residência. Já as portas e janelas são as responsáveis pela iluminação e ventilação dos ambientes, por isso, quanto mais melhor. As portas ainda ajudam a estabelecer o fluxo e a circulação de pessoas entre os cômodos. 


2. Ambientes 


É essencial prestar atenção na estrutura, no tamanho e na disposição de cada cômodo para compreender se eles atendem às suas necessidades, para pensar no layout dos móveis e para saber se o seu mobiliário vai caber no espaço. 


3. Pisos ou pavimentos 


Os materiais que compõem o chão de um imóvel vão influenciar no peso tolerado e no modo de limpeza. Quando o morador respeita essas características, ele contribui para a preservação do local, o que vai ajudar a evitar imprevistos e a necessidade de manutenção. 


4. Projeto elétrico e hidráulico 


É importante, ainda, solicitar ao proprietário os projetos elétrico e hidráulico da propriedade para conhecer todos os detalhes, como a fiação elétrica, as tomadas, as tubulações e o encanamento. Essas informações vão ser muito úteis caso haja algum problema urgente para ser resolvido ou até mesmo se você precisar furar a parede para pendurar um quadro, por exemplo. 


Onde conseguir a planta de um imóvel? 


No caso do inquilino, a melhor forma de conseguir a planta do imóvel é solicitando o documento diretamente com o proprietário. Condomínios, síndicos e/ou zeladores às vezes também estão sob posse de um esquema do apartamento original. Caso a unidade não tenha sido alterada nunca, essa planta será útil para você. 


Já no caso do dono do imóvel que não possui sua planta, existem duas maneiras de conseguir recuperá-la: solicitando à construtora ou incorporadora do imóvel uma cópia – imóveis recém-construídos vão conseguir a planta com mais facilidade – ou indo até a prefeitura, no caso de imóveis mais antigos ou sem uma construtora envolvida, já que antes de começar a construir o empreendimento o proprietário precisou apresentá-la para conseguir o alvará da obra. 


Em algumas cidades, a SIURB (Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras) presta alguns serviços online que facilitam às pessoas conseguirem a planta de um imóvel. 


Gostou do post? Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com nossos corretores pelo nosso site ou pelas redes sociais e para mais conteúdos como este não deixe de conferir nosso blog! Se você está procurando um lugar para alugar, a Nova Época Imóveis tem uma parceria com a administradora Renascença, assim nossos corretores podem te indicar um profissional experiente e confiável para te ajudar nesse processo! 


E não se esqueça que oferecemos mais de 17 mil imóveis prontos, na planta, novos ou usados em todas as zonas do Rio de Janeiro. Por isso, se você está procurando um imóvel novo ou pensando em vender o antigo, fale conosco e vamos realizar esse sonho juntos! 
 

 

 

Escrito por Mariana Carvalho

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

Ao enviar, aceito a Política de Privacidade