Dicas para negociar a compra do seu imóvel e conseguir o melhor preço

Está pensando em comprar uma casa ou apartamento? Essa é uma das decisões mais importantes na vida e é preciso muito planejamento financeiro para começar esse processo. Como um imóvel é um dos bens mais valiosos, que envolve muitas emoções e expectativas, tentar um acordo que seja vantajoso para as duas partes envolvidas faz toda diferença. Por isso, é importante que você entenda como negociar o preço final que vai pagar.

Se você encontrou o imóvel perfeito, dos seus sonhos, mas acha que seu orçamento não vai ser suficiente para compra-lo, não precisa perder as esperanças! É possível que você consiga diminuir o preço e chegar ao melhor valor se você conhecer algumas práticas de negociação.

Como, normalmente, os preços cobrados por proprietários são ligeiramente mais altos do que os valores do mercado, é possível chegar ao preço ideal após solicitar um desconto. Com isso, o comprador pode pedir desconto mínimo de 5% diante da oferta, às vezes podendo pedir até mais de um desconto.

Mas lembre-se que, para identificar uma boa oportunidade de negócio, o preço não é o único fator que deve ser observado pelo comprador. Ele deve observar também a qualidade da planta, a localização, a construção, o lazer e a confiabilidade da construtora.

Pensando nisso, a Nova Época juntou algumas dicas de como negociar a compra de um imóvel, para que você possa conseguir o melhor preço e para que o sonho de comprar a casa própria ou se mudar se torne realidade.  Não se esqueça de visitar nosso site e conferir nossas ofertas, nós te ajudamos a achar seu imóvel dos sonhos pelo melhor preço!

1. Analise os motivos da venda

Converse com o vendedor e tente descobrir os motivos da venda e como o valor foi estabelecido, você pode usar essas informações a seu favor. Se o vendedor estiver com pressa de concluir a venda, como, por exemplo, está passando por alguma dificuldade e precisa levantar dinheiro para solucionar o problema, provavelmente estará mais aberto a negociações e diminuir o valor final da propriedade.

Outra informação que você pode usar a seu favor é há quanto tempo a casa ou apartamento está à venda. Esse dado pode se mostrar um bom argumento para convencer o proprietário ou o corretor a dar descontos.

2. Descubra há quanto tempo o imóvel está à venda

Como dissemos acima, uma dica importante, que pode ser um grande trunfo para o comprador saber a quanto tempo o imóvel está à venda. Isso porque a pressa do vendedor em realizar a venda pode significar que ele está ansioso para vender a propriedade, ou seja, provavelmente aceitará propostas com grandes descontos em cima do valor estabelecido.

Uma das causas da pressa do proprietário pode ser a necessidade em pagar o condomínio, no caso de apartamentos. Outro motivo para a pressa tem a ver com o período que o imóvel está à venda. Se a propriedade já estiver no mercado há muito tempo, o vendedor pode estar perdendo as esperanças em fechar negócio e, até mesmo, as chances. Nesse caso, ele tem que negociar um valor menor.

3. Faça a vistoria do imóvel e sua infraestrutura

A vistoria é um dos momentos mais importantes da negociação. Isso porque é nesse momento que você pode analisar cada detalhe do imóvel e encontrar possíveis problemas que podem diminuir o preço da propriedade. É importante ter um olhar minucioso, porém, é mais recomendável que você faça a vistoria com a ajuda de um profissional que tenha experiência nesse negócio.

Caso você ou o profissional encontrem algum problema ou detalhe de infraestrutura que possa ser um trunfo para possíveis descontos. Lembre-se, todo detalhe que te incomodar durante a vistoria pode ser usado para reduções no preço.

Coisas quebradas ou lugares que precisem de reforma também podem ser detalhes que possibilitam que o comprador peça e ganhe desconto, afinal, isso vai gerar gastos para você no futuro. Dica: caso o imóvel seja usado e necessite de reformas, um desconto de, em média, 5% pode ser pedido. Se ele precisar de muitas reformas, o desconto pedido pode ser maior.

4. Pesquise os preços de imóveis vizinhos

Outra dica para você negociar o preço do imóvel é pesquisar o valor de propriedades similares na região. O macete é comparar o preço do imóvel que te interessa com outros imóveis parecidos que têm seus preços mais baratos e, assim, conseguir um desconto.

Porém, fique atento, pois o vendedor também pode usar esse dado para alegar que o preço que está cobrando uma pechincha se comparado ao preço de outros imóveis da região. Caso o vendedor tente te aborde assim, é preciso que você faça sua própria pesquisa  para saber se o que ele diz é verdade.

5. Faça pagamento à vista

Caso esteja dentro do seu orçamento, opte por fazer o pagamento à vista, pois isso te dará uma boa vantagem. Com o montante de dinheiro em mãos e podendo pagar na hora, seu poder de barganhar aumenta. Além do mais, poucas pessoas têm o dinheiro disponível para quitar o valor do imóvel, o que te garante à frente da possível concorrência.

Esse procedimento é bem mais fácil e menos burocrático do que pedir por um financiamento bancário e o vendedor receberá pela venda com mais rapidez. Quem não puder pagar à vista, isso não é um problema. Quanto maior for o valor da entrada, maior poder de negociação você também terá.

6. Não fale demais ao negociar o imóvel

Conversar com o corretor contratado e com o vendedor é muito importante para saber se o imóvel realmente corresponde às suas expectativas. Porém, se o comprador fala demais, corre o risco de entregar informações que podem comprometer a negociação.

Por isso, converse com os envolvidos, mas se atente a quando falar e o que falar. Concentre-se em dizer apenas o essencial e ouça sempre com atenção tudo o que a outra parte tem a dizer. Colete informações que podem ajudar você no momento da negociação.

Se você acaba dizendo ao vendedor que tem muita pressa para comprar um imóvel, por exemplo, mostra para ele que você vai aceitar a proposta em breve e que o mesmo não precisa negociar tanto. Demonstrar muito interesse no imóvel pode não ser vantajoso, pois deixa clara a intenção de fechar negócio e fica mais difícil de chegar a um preço menor.

7. Saiba a hora de encerrar as negociações

A última dica que temos a te dar é: saiba a hora de parar para garantir a compra. Caso o vendedor recuse sua contraproposta e se mantenha firme no valor que propôs, é hora de avaliar a sua situação financeira, o imóvel e os preços do mercado.

Para decidir se esse é um bom negócio, além de considerar todos os fatores apontados, considere também o desconto proposto pelo vendedor. Não saber a hora de encerrar as negociações e manter o vendedor pressionado pode acarretar a perca do imóvel, pois podem haver outros interessados.

Com todas essas dicas, esperamos ter ajudado você a entender e melhorar suas táticas de negociação, par que possa comprar o imóvel dos seus sonhos pelo preço mais justo. Mas lembre-se, tome cuidado para não se tornar inconveniente, oferecer uma proposta injusta ou ofender o vendedor por rebaixar o imóvel.

Sempre escolha as melhores palavras, tomando cuidado com o que revela e prestando muita atenção em tudo durante o processo. E não esqueça de visitar o site da Nova Época e conferir nossas ofertas, temos imóveis em todas as regiões do Rio de Janeiro. Entre em contato conosco e te ajudamos a escolher o imóvel ideal para você!