Apartamento na planta: o que é preciso para comprar um no Rio de Janeiro

Se você ainda mora refém do aluguel no Rio de Janeiro, provavelmente já cogitou várias vezes ou ainda cogita comprar um apartamento próprio. Nas suas pesquisas, você já deve ter ouvido falar da possibilidade de comprar um imóvel ainda na planta, mas você sabe como funciona na prática o processo de comprar um imóvel que ainda não está pronto? Esse é um grande passo na vida e entender todo esse processo vai ser fundamental para que você tenha mais segurança e para o sucesso dessa aquisição.


É comum que na hora de comprar um imóvel próprio, as pessoas fiquem em dúvida e se perguntem se um apartamento na planta é uma opção mais em conta do que um já pronto. Geralmente, além desse tipo de imóvel oferecer as melhores condições de pagamento, também são mais rentáveis do que um apartamento pronto. No entanto, o procedimento aqui deve ser o mesmo feito com um imóvel pronto, ou seja, é fundamental ter certeza de que a construtora é de confiança. 


Além disso, é sempre importante lembrar que o termo “lançamento” vai abranger os imóveis que são comercializados ainda na planta, aqueles em processo de construção, na fase final ou prestes a serem inaugurados. Na hora de tomar a decisão, é importante que você também preste atenção nas condições dos juros e se o espaço, quando pronto, de fato atenderá suas necessidades e a tudo o que você precisa. 


O processo da compra de um apartamento na planta engloba muito mais do que as pessoas imaginam e, pensando nisso, a Nova Época Imóveis resolveu elaborar um guia completo para te ajudar a entender mais das etapas que compõem esse processo de compra. Em caso de dúvidas ou se você estiver à procura de um imóvel, seja ele novo ou usado, não deixe de entrar em contato com um dos nossos profissionais para concretizarmos esse sonho juntos!


O que é e como se classifica um apartamento na planta?


Quando uma pessoa opta por comprar um apartamento na planta, ela está, basicamente, comprando um imóvel que ainda está na fase de projeto, ou seja, que ainda não está pronta para uso. Muitas pessoas se perguntam porque comprar uma propriedade que ainda não está pronta e a resposta é simples: pela economia. 


Apartamentos ainda na planta tendem a apresentar um custo benefício melhor do que aqueles já prontos, podendo custar até 50% menos. Outro ponto importante de se levar em consideração nesse caso é que, se for da sua preferência adquirir um financiamento imobiliário, as concessões para imóveis na planta costumam ser maiores também. 


Quais os riscos de adquirir um apartamento na planta?


Assim como todo negócio, seja ele qual for, tem sua porcentagem de risco, comprar um apartamento na planta não é diferente. Antes de fechar o negócio, você precisa analisar bem as suas condições e suas necessidades no momento. Se você tem pressa para pegar as chaves do novo imóvel, então talvez optar pela compra de um já pronto seja a melhor decisão. 


Por outro lado, caso o tempo de espera não seja um problema para você, o apartamento ainda na planta tem um melhor custo benefício, como dissemos mais acima. Entretanto, ainda assim existem alguns pontos que merecem sua atenção para não prejudicar sua compra nem seu sonho de adquirir um imóvel próprio feito exatamente do jeito que você quer, como é o caso dos imóveis comprados na planta.


Alguns dos riscos mais comuns na compra de um apartamento na planta são:

 

  • Alterações no prazo de entrega;
  • Baixa qualidade dos acabamentos;
  • Falência da construtora;
  • Obra parada ou cancelada;
  • Divergência do que foi proposto no projeto e o que foi entregue;
  • Possíveis atrasos na obra.


Mas não precisa se preocupar nem desistir desse sonho, é possível se prevenir desses riscos e dores de cabeça realizando um negócio com uma construtora já conhecida no mercado e com um histórico positivo. Por isso, é fundamental que você pesquise bem e, caso possível, procure visitar outros empreendimentos da construtora para analisar a qualidade construtiva da empresa. 


Passo a passo para comprar um apartamento na planta no Rio


Antes de mais nada, você precisa ter em mente que vai passar por três principais etapas nesse processo: o lançamento, a construção e a entrega das chaves. É fundamental, também, que você conheça os principais agentes envolvidos aqui, que são a incorporadora, a construtora, a imobiliária e os corretores de imóveis. Por isso, comece esse processo pesquisando sobre todos eles. 


Aqui vamos dar um passo a passo de como comprar um apartamento na planta no Rio de Janeiro para tornar esse processo mais seguro e fácil para você:


1. Estude o projeto e a maquete do empreendimento com atenção


É através do projeto e da maquete do apartamento que você terá uma ideia de como vai ficar o resultado final da obra, por isso, fique atento a todos os detalhes como a planta, se o apartamento é nascente ou poente, a vista e o que engloba sua área externa. Não deixe de tirar todas as possíveis dúvidas que surgirem com o seu corretor de imóveis e não hesite em questionar sobre tudo para que, no final, você possa ter plena consciência do que está comprando e se tudo ficará do seu gosto.


2. Analise cada documento relativo ao imóvel


Quando o assunto é documentação, seja na compra de um imóvel na planta ou já pronto, é fundamental que você não se descuide em momento nenhum. Dessa forma, procure pedir para ver e ler desde o memorial descritivo do espaço ao registro de imóvel. Estes são documentos indispensáveis para verificar a credibilidade do negócio, por isso, não se esqueça de garantir que você vai perguntar sobre eles. 


3. Procure fazer visitas periódicas ao imóvel na fase de obras


Outro passo da nossa lista, que também é uma recomendação, é que você procure, sempre que puder, ir na obra do seu imóvel para acompanhar o andamento e verificar se o resultado está ficando como no projeto que foi apresentado a você, dessa forma, você pode ter certeza de que tudo está correndo bem e sente que tem a situação sob controle. Na hora das visitas, não deixe de conferir os pequenos detalhes do acabamento, para ver se é de qualidade, e a vista. 


4. Resolva o financiamento imobiliário


Como dissemos um pouco mais acima, uma das vantagens de adquirir um imóvel na planta é a maior facilidade de conseguir um financiamento para o pagamento. Isso se deve ao fato de, além dos financiamentos tradicionais, como SFH, SFI e Casa Verde Amarela, ser possível ainda financiar seu imóvel direto com a construtora e pagar suas parcelas enquanto a obra ainda está em andamento. 


Como podemos observar, comprar um apartamento ainda na planta não é muito diferente de comprar um já pronto, basta tomar alguns cuidados que também são importantes em todas as negociações. E lembre-se: se você está procurando por um imóvel, seja ele novo ou usado, não deixe de conferir nosso portfólio de empreendimentos, nosso site tem mais de 15 mil imóveis para todos os gostos à venda. Vamos realizar mais esse sonho juntos!
 

 

 

Escrito por Mariana Carvalho

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

Ao enviar, aceito a Política de Privacidade