Animais de estimação para apartamento: descubra quais espécies são mais adequadas e quais são os seus cuidados.

Com o aumento da urbanização, consequência do crescente número de pessoas que decidem morar em apartamentos nas grandes cidades, houve também o aumento do número de pessoas que procuram animais de estimação como companheiros de apartamento. Porém, muitas pessoas ainda têm dúvida de quais as melhores espécies para se adaptar à vida em apartamento.


Redução de estresse, companheirismo e muito carinho são alguns dos muitos benefícios de ter animais de estimação por perto. Atualmente já é comum ter bichinhos em casa, tão comum que muitos já são considerados membros da família. Porém, quem mora em apartamento precisa pensar na infraestrutura que tem e o tipo de animal que quer ter. É preciso ter planejamento e procurar conhecimento nesse momento.


Na hora de escolher qual o melhor animalzinho para o seu tipo de apartamento, é essencial considerar vários aspectos antes de adotar um animal de estimação, de modo que seja possível proporcionar uma vida feliz e saudável ao bichinho. O espaço e o tempo que cada espécie requer são alguns dos fatores chave na hora de escolher o pet mais adequado ao seu estilo de vida.


Se você está pensando em ter um animal de estimação, mas está um pouco perdido e não sabe ainda qual a melhor espécie escolher para o seu estilo de vida e de apartamento, a Nova Época Imóveis trouxe esse post para te ajudar! Aqui vamos dar algumas dicas para o momento da decisão e falar um pouco sobre alguns tipos de animais que podem trazer um pouco mais de harmonia e felicidade para o seu lar, assim você pode avaliar todos e escolher o que mais se encaixa com você. E para mais dicas, não deixe de conferir nosso blog!


Avalie e entenda o espaço e o tempo que você tem


O primeiro passo para entender qual o melhor tipo de animal de estimação para o seu apartamento e estilo de vida é fazer uma análise do espaço que você tem em casa, assim como o tempo que você poderá disponibilizar para dedicar a esse novo amiguinho. Apartamentos maiores, por exemplo, comportam animais maiores ou em maior quantidade, caso você queira mais de um. 


No entanto, não é porque seu apartamento tem menos metros quadrados que não irá comportar um novo integrante. Em casos de apartamentos menores, mas que contam com varandas, é o espaço perfeito para cães de porte médio ou gatos. O tempo que você tem disponível para se dedicar ao novo integrante é outro ponto de atenção na hora da decisão. Pense e calcule quantas horas semanais você pode disponibilizar para se dedicar ao seu animalzinho. 


No caso de animais como os cães, por exemplo, necessitam de passeios diários, assim como bons minutos para brincadeiras e gasto de energia, principalmente na fase de filhote. Caso você perceba que não tem esse tempo ou não consegue disponibilizar esse tempo, melhor pensar em outro animal que não necessite de tanta atenção, como os peixes. 


Melhores tipos de animais de estimação para apartamentos


Cães de pequeno e médio porte


Os cães que mais se adequam facilmente à vida de apartamento são aqueles de porte pequeno e médio. Cães de raças pequenas podem trazer a alegria que seu lar precisa. Raças como shih tzu, chihuahua, pinscher, maltês, yorkshire e os carinhosos vira-latas são os mais indicados, pois costumam ser mais dóceis e se adaptam melhor com pequenos espaços. 


Até os cães de pequeno e médio porte exigem tantos cuidados para saúde e vitalidade quanto aqueles de grande porte. Por isso, programe o seu dia para que você possa fazer ao menos um passeio na rua com o cãozinho. Dessa forma, ele também aprende a socializar com outros cães, com crianças e outros adultos. Além disso, é essencial ter acompanhamento veterinário para que a saúde do seu bichinho esteja sempre em ordem. 


É essencial que você também eduque o novo integrante corretamente e ensine-o a respeitar as regras da casa. Outro motivo para manter os passeios ao ar livre uma rotina é ensinar seu bichinho a fazer suas necessidades na rua, dessa forma, é possível manter a boa higiene do seu apartamento. Caso não seja possível que você faça os passeios mais de uma vez por dia, existem tapetes próprios para cachorros fazerem suas necessidades, basta ensiná-los. 


Gatos de diversas raças


Não tem animal de estimação que se adapte inteiramente a ambientes, seja ele de qualquer tamanho, melhor do que o gato. Ele mesmo irá escolher seus cantinhos preferidos na casa. Outra vantagem de escolher um gato é que você não terá que levá-lo para rua diariamente para pequenos passeios. Os gatos são mais independentes e costumam aprender rapidamente a usar a caixa de areia e a usar lugares fixos para comer e beber água.


Outra diferença entre os gatos e os cães é que os felinos têm preferências pelas pessoas da casa. Porém, muito pelo contrário do que dizem, os gatos são igualmente carinhosos e ótimos companheiros, além de terem boa convivência com adultos e crianças. Ter uma área com alguns brinquedos espalhados para os gatinhos faz toda diferença para sua qualidade de vida. 


Apesar da sua natureza mais independente, os gatos também precisam receber alguns cuidados básicos para ter uma vida boa e saudável, além de contar e precisar do carinho e da dedicação dos seus tutores. 


Peixes


Os peixes são animais de estimação onde a interação é mais contemplativa, levando em consideração que o aquário é praticamente um objeto decorativo da casa. Mesmo que seu único trabalho diário com esses bichinhos seja alimentá-los, algumas ações, como a limpeza do aquário, assim como cuidados com a temperatura da água, filtragem, oxigenação e tamanho dos peixes, de acordo com o tamanho do aquário, devem ser levados em consideração.


Outra atenção que você deve ter é com os cuidados, pois cada raça precisa de cuidados específicos. Por exemplo, os peixes do tipo beta lutam entre si se estiverem no mesmo espaço. As raças mais comuns e indicadas, principalmente para quem não tem muito tempo para dedicar aos bichinhos, são os peixinhos dourados. Esses peixes vivem felizes com um filtro de água e uma bomba pequena de oxigênio. 


Outras raças, como o colisa, já não necessitam de oxigenação direta na água e o único cuidado que ela exige é a limpeza do aquário quinzenalmente, além de um filtro de pequeno porte e a alimentação diária, claro. 


Hamsters e outros roedores


Os hamsters e outros roedores, como os coelhos, são os animais de estimação perfeitos para apartamentos mais compactos. Eles se adaptam tranquilamente em pequenos viveiros, desde que esse espaço permita sua circulação. Conhecidos por serem bem agitados, esses animaizinhos precisam ter brinquedos, bebedouros especiais, comedouros e acesso a outros pontos do viveiro. Além disso, exigem cuidados especiais: por serem muito pequenos, os roedores correm risco de ficarem encurralados em pequenos espaços, como entrada de tomadas abertas e armários.


Caso você decida ter um roedor como bichinho de estimação, é essencial que você se atente para que sua gaiola seja suficientemente espaçosa para que o animalzinho não precise sair de lá. Porém, se você quiser fazer carinho e deixar que eles fiquem um pouco soltos pela casa, isso não será um problema, desde que haja supervisão contínua para não colocar a vida do pet em risco. 


Outro cuidado fundamental que você deve ter caso escolha um hamster ou outro roedor é não deixar o viveiro diretamente embaixo do sol. Procure um espaço que seja fresco e decore-o com algumas pedrinhas, rodinhas de exercício, panos macios e pedacinhos de corda, para que os bichinhos possam brincar. Assim como cães e gatos, os hamsters e outros roedores também precisam de acompanhamento veterinário especializado. 


Cuidados necessários com seu animal de estimação


É importante lembrarmos que qualquer animalzinho que você escolher exigirá alguns cuidados que devem ser mantidos quando ele é criado em apartamento, como:

 

  • Procure reservar um espaço para as necessidades fisiológicas;
  • Mantenha os cuidados com a limpeza em dia, principalmente no caso de animais de gaiola;
  • Separe um espaço para o animal dormir, se alimentar e beber água;
  • Tenha brinquedos e distrações para o animalzinho;
  • Mantenha em dia a vacinação e os cuidados veterinários;
  • Instale telas de proteção nas janelas e basculantes para o animal não fugir ou sofrer acidentes;
  • Tenha cuidado com a segurança do animal no apartamento.


Cuidados com o seu apartamento


Além de saber como adaptar seu bichinho à casa nova, o inverso também deve ser feito, pois adaptar seu apartamento para a chegada do novo membro da família é essencial para manter a organização e a limpeza. Dependendo do animal que você escolher, é possível que aconteçam alguns danos à sua propriedade ou mobília. 


Dessa forma, alguns cuidados especiais são necessários para que você possa manter a integridade do seu apartamento:

 

  • Procure escolher acabamentos adequados para que seu animal de estimação possa ficar solto pelo apartamento;
  • Seus móveis também podem ser vítimas de mordidas, arranhões e até mesmo quedas causadas pelos bichinhos;
  • Podem haver alguns danos às paredes, desde sujeira até marcas, causadas pelas patas do seu pet;
  • Cuidado redobrado com os pisos, que podem sofrer arranhões pelas unhas dos animais.


A Nova Época Imóveis espera ter te ajudado a entender o que você precisa levar em consideração na hora de escolher um bichinho de estimação e quais os cuidados você deve ter com os pets e seu apartamento, mantendo tudo em ordem.
 

 

 

Escrito por Mariana Carvalho